Átila diz que se Wilson deixar governo, Zé Filho será candidato

O secretário estadual de Educação, Átila Lira, confirmou hoje (11) que se o governador Wilson Martins (PSB) deixar o governo para se candidatar ao Senado o caminho natural é que Zé Filho, assumindo o Palácio de Karnak, seja o candidato a reeleição apoiado por todos os partidos da base.
Wilson Filho/Cidadeverde.com
Sobre a possibilidade do governador permanecer no cargo, Átila ressalta que a decisão so sairá no ano que vem. “Essa questão eleitoral só vamos resolver no ano que vem. O governador quer fazer uma boa administração e quando for em março resolvemos. Porque se ele tiver de sair já tem que estar em andamento um conjunto de obras importantes. Tem muita obra para inaugurar, como o rodoanel em diversas grandes cidades, obras de mobilidade urbana. A maior obra de Teresina vai ser esse rodoanel com as duplicações. O governador quer dar encaminhamento”, disse.
O secretário comentou ainda o cenário em que o PSB indica o nome do candidato ao governo, substituindo Zé Filho. “Ele [Wilson Martins] só cogita hoje de administrar o Estado. Em março ele se reúne como todo mundo, onde vai ter um cenário nacional delineado. Essas cogitações todas serão definidas em março. Se o governador ficar não deixa de ser uma lógica lançar o nome do PSB. Mas, não quero tratar desse assunto, inclusive do ponto de vista jurídico eleitoral. O governador vai inaugurar diversas obras. Esse governo tem um número imenso de ações que estão sendo construídas”, comentou.
Ainda segundo Átila, o governador tenta manter o PT entre esses partidos da base. Para isso, teve uma conversa com o senador Wellington Dias (PT), também pré-candidato ao governo. “O PT é nosso grande aliado. Wellington Dias foi um grande governador, fomos gratos ao PT não só no Piauí mas em nível nacional. Não acabou a aliança, permanecemos juntos. O governador está conversando com Wellington Dias para ver se a gente caminha para a sucessão juntos”, declarou.
Leilane Nunes

Deixe uma resposta