Bebê é morto com um tiro no ouvido na Jordoa


Na manhã desta quinta-feira (1/8), por volta das 9h, uma criança de um ano e oito meses foi morta com um tiro no ouvido, no Bairro da Jordoa. De acordo com as primeiras informações, repassadas pelo Delegado Jeffrey Furtado da Delegacia de Homicídios, o ex-presidiário Raimundo Nonato Coqueiro dos Santos, de 20 anos, conhecido como “Nonatinho”, é suspeito de ser o autor do crime. Nonatinho havia sido preso em flagrante por homicídio em 02 de junho de 2012 e solto em de julho de 2013

O Delegado Jeffrey Furtado, titular da Delegacia de Homicídios, relatou que Nonatinho, que estava em liberdade a quatro dias, tinha um relacionamento com uma adolescente. Ele teria ido até a casa dos pais da jovem para ser apresentado como namorado da garota. Contudo, teria havido um desentendimento entre o pai da adolescente e o ex-presidiário, que puxou uma arma e efetuou um disparo. A criança, que mora na casa vizinha, estaria no local da discussão e foi atingido no ouvido.

Os pais da criança são Flauber Silva Campos, conhecido como “Bicola” e Nathalia Rafaela, e cumprem pena por tráfico de drogas na Centro de Custódia de Preso de Justiça de Pedrinhas.

Deixe uma resposta