Caso Pato Donald: delegado vai depor segunda-feira na Promotoria do Júri

Os promotores de Justiça Ubiraci Rocha e Eliardo Cabral combinaram com o delegado Menandro Pedro da Luz (foto abaixo), chefe do Greco, para a tomada de depoimento do delegado sobre o crime praticado há mais de dez anos contra Jean Carlos, vulgo Pato Donald, à época assessor do então deputado Silas Freire. O depoimento será na próxima segunda-feira, às onze horas, na sala da Promotoria do Juri, no Fórum de Teresina. 

O delegado Menandro Pedro será ouvido na condição de testemunha porque ele socorreu Jean Carlos, atingido por vários tiros e, em cuja ocasião, ouviu da vítima o nome do mandante do atentado. Os promotores solicitaram ao secretário de Segurança o paradeiro dos inquéritos que apuraram os atentados (teriam sido três) e, finalmente, o que foi aberto para apurar o assassinato.

                                                                                                                                                                                                         No início da semana Menandro Pedro teria narrado para o promotor Ubiraci Rocha, num encontro casual no Fórum, tudo que ouvira de Pato Donald, chegando a nominar o suposto mandante referido pelo ex-assessor, cujo nome seria o do hoje apresentador de TV Silas Freire (foto abaixo)

https://i2.wp.com/4.bp.blogspot.com/-vKZ7h40ULDc/UIbJ0lKVUnI/AAAAAAAAAwg/kZ1TUbGiRXk/s320/silas.jpg?resize=290%2C218O Ministério Público reabriu o caso com base em notícia publicada pelo Portal AI5, do jornalista Walcy Vieira, em abril passado. Walcy explica que chegou a ser procurado por parentes de Jean Carlos lamentando que o caso iria prescrever e a polícia nada fizera para prender os culpados. 

Com base nisso, os promotores estão pesquisando noticías de jornais da época onde teriam sido registrados os acontecimentos e em que também Pato Donald confirma o nome da pessoa que teria mandado matá-lo. 
Delegado

Tão logo recebeu o ofício dos promotores de Justiça, o secretário de Segurança Pública Robert Rios encaminhou o documento para o delegado geral James Guerra adotar as providências e nomear delegado para presidir novo inquérito. Robert Rios viajou em seguida para fora do Estado a fim de passar o feriadão.
portal az

Deixe uma resposta