Seduc abre processo seletivo em todos os municípios do Piauí

As inscrições são obrigatoriamente online e podem ser realizadas no período de 3 a 17 de janeiro de 2018.

Seduc abre processo seletivo em todos os municípios do Piauí

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realiza Processo Seletivo Simplificado para a formação ao Cadastro de Reserva para os cargos de Professor SL e Técnico de Nível Superior (Fonoaudiólogo, Psicomotricista e Bibliotecário). O contrato dos profissionais ocorrerá de acordo com as necessidades da Seduc, sendo de um ano, prorrogável por mais um.

As inscrições são obrigatoriamente online e podem ser realizadas no período de 3 a 17 de janeiro de 2018, através do site http://nucepe.uespi.br. A taxa de inscrição é no valor de R$ 70, devendo o candidato efetuar o Cadastro, preencher o Requerimento de Inscrição e enviá-lo via Internet; imprimir o Boleto Bancário referente à Taxa de Inscrição e efetuar sua quitação até o prazo final para pagamento, conforme data estabelecida no Cronograma de Execução.

O Processo Seletivo Simplificado será constituído de Prova Escrita Objetiva e Prova Escrita Dissertativa (Redação) – 1ª Etapa, de caráter eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da Universidade Estadual do Piauí, através do seu Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe); e Prova de Títulos (Análise Curricular) – 2ª Etapa. A prova objetiva será aplicada no dia 4 de fevereiro, nas cidades de Barras, Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Floriano, Fronteiras, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Picos, Piripiri, Regeneração, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina, Valença do Piauí e Uruçuí, no horário de 8h30m às 12h30m (horário do Piauí).

A remuneração para os professores com jornada de trabalho de 20h semanais será o salário mínimo vigente, conforme Constituição Federal. A remuneração para o Técnico de Nível Superior (Fonoaudiólogo e Psicomotrocista) com jornada de 40h semanais será o salário mínimo vigente, acrescido de R$ 150. A remuneração para o Técnico de Nível Superior (Bibliotecário) com jornada de 40h semanais será o salário mínimo vigente.

Confira o edital

Piso salarial do professor terá aumento de 6,81% em 2018

Piso salarial do professor terá aumento de 6,81% em 2018

Foto: Reprodução

O ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou nesta quinta-feira (28/12) a portaria que estabelece um aumento de 6,81% para o piso salarial dos professores para 2018. O reajuste segue a Lei do Piso, que determina a atualização anual do salário base nacional do magistério, sempre a partir de janeiro.

Segundo o MEC, por estar acima do índice de inflação previsto para este ano, o piso nacional do magistério terá um ganho real de 3,9% e um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais. Nos últimos dois anos, os professores tiveram um ganho real de 5,22%, o que corresponde a R$ 124,96, de acordo com a pasta.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, o percentual está dentro do esperado, pois foi calculado de acordo com o mecanismo já utilizado nos últimos anos.

No entanto, ele alerta para o fato de que faltam dois anos para o cumprimento da meta 17 do Plano Nacional de Educação, que estabelece que até 2020 o salário médio dos professores deve ser equiparado com o salário médio de outras profissões. “Vai precisar de um esforço maior do MEC, junto aos estados e municípios para que essa meta seja alcançada até 2020”, disse Araújo.

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo as regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. O critério adotado para o reajuste desde 2009 tem como referência o índice de crescimento do valor mínimo por aluno ao ano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Gabarito oficial do Enem 2017 é divulgado

 

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou há pouco o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, realizadas nos dias 5 e 12 de novembro.

Com o gabarito, os candidatos podem saber quantas questões acertaram.

Correção das provas

A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertarem será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Por isso, não é possível calcular a nota final apenas contabilizando o número de erros e acertos em cada uma das provas. Dois candidatos que acertarem o mesmo número de questões podem ter pontuações diferentes.  O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

A correção é feita por meio de um sistema de reconhecimento no qual a Fundação Getulio Vargas e a Cesgranrio extraem os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, durante a etapa de digitalização. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta.

O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018.

Fonte: Agência Brasil

Suspeita de fraude no Enem | PF cumpriu 62 mandados no PI e em mais 12 estados

 31 mandados de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva em 13 estados

 A Polícia Federal desencadeou hoje (12) a operação Passe Fácil, com o cumprimento de 31 mandados de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva em 13 estados por suspeitas de fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os mandados foram cumpridos nos estados de Pernambuco, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.
“A partir dos dados colhidos hoje, a investigação terá continuidade, e podemos ter desdobramentos nos próximos dias”, explicou o delegado da Polícia Federal Franco Perazzoni. Segundo ele, tanto beneficiários como integrantes da quadrilha foram identificados.
A operação buscou desvendar e desarticular esquema de candidatos interessados em fraudar o processo a partir da resolução da prova por especialistas em determinadas áreas de conhecimento, chamados de pilotos, que posteriormente repassavam os gabaritos aos candidatos que os contrataram.
O delegado explicou que a operação teve como alvo pessoas com grande probabilidade de terem fraudado exames anteriores e que estavam inscritas na prova de hoje. A PF, no entanto, ainda não identificou indícios de fraudes no Enem deste ano. Segundo o delegado, não foram realizadas prisões hoje, pois nenhum dos alvos estava portando escutas, por exemplo.
O delegado avaliou que esta edição do Enem foi mais tranquila do que em anos anteriores. “Este ano tivemos muito mais tranquilidade do que em anos anteriores. Tivemos apenas ocorrências normais”, disse o delegado.
Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, o anúncio de novas medidas de segurança, como a identificação das provas e o reforço com detectores de metal e de ponto eletrônico em cada local de aplicação, ajudaram a prevenir fraudes. “Isso tudo ajudou para que pudéssemos repelir preventivamente qualquer tentativa de fraude”, disse.
Na última quarta-feira (8), quatro pessoas foram presas no Ceará, na operação Adinamia, da Polícia Federal, também por suspeitas de fraudes em consursos públicos e no Enem.
Fonte: Agência Brasil

Rejane busca em Brasília liberação de emenda para obra do CER de Parnaíba

 

Ministro Ciro

A secretária de Educação do Piauí, deputada federal Rejane Dias (PT) foi a Brasília atrás dos recursos de uma emenda de sua autoria que estão destinados à continuidade das obras do Centro Especializado em Reabilitação de Parnaíba Daniely Dias na cidade de Parnaíba (CER).  Ao lado do  Ciro Nogueira (PP), Rejane esteve em audiência com o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O valor da segunda parcela é de R$ 500 mil, mas o recurso total destinado é de $ 4,5 milhões para a construção do centro. O projeto está orçado em R$ 5 milhões, incluindo a contrapartida do Tesouro Estadual. “É uma emenda impositiva e o ministro garantiu que vai liberar todo o recurso necessário para construção do Centro de Reabilitação”, assegura a secretária. O  governo federal liberou, até o momento, R$ 100 mil para iniciar a obra, até o momento com 13% concluso.

A ideia é construir outro centro de reabilitação de alta complexidade em Floriano a fim de promover a descentralização dos serviços, concentrados no Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), em Teresina.

Secretária Rejane Dias assina decreto nomeando professores concursados

A secretária da Educação, Rejane Dias, assinou na manhã de terça-feira (8), o decreto de nomeação para 400 professores aprovados no último concurso da Secretaria da Educação (Seduc). O concurso foi realizado em 2014 e, após a convocação de 800 professores em 2015, a Seduc elaborou um calendário para contratação de todos os remanescentes, no início deste ano.

O calendário prevê a contratação de aproximadamente 400 professores por semestre até 2018. “A primeira das quatro convocações aconteceu em março deste ano e, agora, com muita alegria, assinamos o decreto para nomear mais 400 professores”, comemora a secretária.

O documento foi encaminhado ao Diário Oficial do Estado e, após sua publicação, a Seduc divulgará o calendário com as datas de entrega dos documentos. Os nomeados tomarão posse e serão lotados até o fim deste mês de agosto.

“Vamos preparar uma grande solenidade para que os professores tomem posse de seus cargos. Eles serão empossados em vagas de professores que se afastaram. Com isso, o Estado faz as contratações com menor risco de atingir o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal com gasto de pessoal”, explica a secretária.


Fonte: Seduc

Da série “OS DIAS ERAM ASSIM”: Educação na gestão passada era tratada com irresponsabilidade e sem compromisso

 

 

 

 

 

Durante os últimos quatro anos, a imprensa denunciou vários episódios sobre os serviços oferecidos pelo ex-prefeito Bernildo Val e sua equipe. Vale lembrar como a educação era tratada pelo ex-gestor. Além da falta de valorização dos profissionais da educação, as escolas eram sucateadas, com estrutura física totalmente precária. O lanche das crianças era transportado de maneira irregular.

Uma reportagem de um portal de notícias da capital Teresina, 180 graus, fez grave denúncia sobre a administração Bernildo Val, onde os itens de alimentação eram transportados para as instituições de ensino de maneira incorreta e sem nenhum tipo de higiene. Alunos corriam risco de ter a saúde afetada pela falta de responsabilidade da administração passada.

De acordo com o conteúdo jornalístico, a merenda escolar era transportada em camionete aberta junto a outros objetos e sem nenhuma proteção. Na época, pais e professores se revoltaram com a situação. Essa foi a real imagem da administração Bernildo Val durante os quatro anos de governo.

Click aqui e veja a denúncia na época

A população buritiense cansada dos descasos oportunizou mudanças. A atual administração tem prezado pela organização e compromisso com o povo de Buriti dos Lopes. E isso, tem incomodado às figuras que viviam de “sugar” o erário público e que nada faziam pelo progresso da cidade.

Outros setores da administração municipal também passaram por situações calamitosas. O mandato do ex-prefeito foi construído em cima de mentiras e promessas. Aguarde mais um episódio da série “Os dias eram assim”. Ainda tem muita história para contar!

Documentário “Nunca Me Sonharam” é lançado em Teresina e aborda educação do Piauí

O documentário “Nunca Me Sonharam” foi lançado nessa terça-feira (11). O filme, dirigido por Cacau Rhoden, é uma produção do Instituto Unibanco e Maria Farinha Filmes e retrata a educação no Brasil, tendo o estado do Piauí como um dos cenários. O longa foi exibido gratuitamente em três salas de um cinema de Teresina para um público de 400 espectadores.

Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas, o filme reflete o valor da educação e mostra os desafios, as expectativas e os sonhos dos jovens que estão no ensino médio nas escolas públicas. O objetivo é discutir qual modelo de educação os jovens necessitam hoje, e o que tem sido feito.

“Estamos hoje aqui para vermos histórias de jovens e de professores que fazem da educação o seu cotidiano, e expressam no filme o quanto isso muda a vida deles. É um orgulho ver o nosso estado sendo representado por meio do Cemti Didácio Silva. Nosso trabalho para aperfeiçoar a qualidade do ensino médio no Piauí é diário. O estado está se desenvolvendo e a educação está ali, melhorando e ajudando para que tenhamos jovens preparados para o futuro”, destacou o governador Wellington Dias.

Segundo a estudante do Centro de Ensino de Tempo Integral – Cemti Didácio Silva, Joeline Maria, o filme foi uma maneira de mostrar o que está sendo realizado no país e o que pode ser melhorado. “Foi muito gratificante participar dessa produção que apresenta a realidade do Brasil e, ao mesmo tempo, tenta conscientizar sobre a necessidade de termos uma educação de qualidade, principalmente nas escolas públicas, onde os jovens precisam de mais apoio”, enfatizou a estudante.

Para a gerente de Implementação de Projetos do Instituto Unibanco, Maria Júlia Azevedo Gouveia, o tema educação deveria ser pauta diária do brasileiro. “A sociedade brasileira não tem a educação como um valor no sentido de entender que ela muda a vida de um jovem. Então, queríamos um produto com o qual pudéssemos conversar de perto e abrir a conversa em todos os lugares, no cotidiano e não somente entre especialistas. É isso que o filme traz, para nós, essa possibilidade de conversar sobre educação a qualquer hora”, completa Maria Júlia.

O longa foi filmado em oito estados, nas cinco regiões do país. Em breve, o filme poderá ser assistido gratuitamente no site www.videocamp.com.

Autoria: Aline MedeirosGovernador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"
  • Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam”

    Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"

    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)

    Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"

    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)

  • Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"
    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)

    Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"

    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)
    Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"
    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)
     Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"
    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)

    Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"

    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio)
    1Governador participa do lançamento do longa-metragem "Nunca me Sonharam"
    Governador participa do lançamento do longa-metragem “Nunca me Sonharam” (Francisco Gilásio

Prouni divulga nova chamada do 2º semestre de 2017

O Ministério da Educação divulgou ontem (26) a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) do segundo semestre de 2017.

A lista de selecionados (http://prounialuno.mec.gov.br//consulta/lista-espera) pode ser consultada filtrando pelo nome da instituição de ensino, campus, curso e turno. Também é possível saber se o candidato está na lista de espera. Outra opção para ter acesso ao resultado e com número de inscrição do Enem 2016 e senha.

Os alunos convocados devem apresentar a documentação nas instituições de ensino a partir desta segunda (veja o calendário abaixo). Quem não cumprir os prazos, perderá o direito à bolsa.

Nesta edição são oferecidas 147.492 bolsas, sendo 67.603 integrais e 79.889 parciais em instituições particulares de ensino superior. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), levando em conta critérios socioeconômicos da família do estudante.

A lista de convocados na primeira chamada foi divulgada no dia 12 de junho.

No ano passado, na edição do meio do ano, foram oferecidas oferecidas 125.442 bolsas, sendo 57.092 integrais e 68.350 parciais ofertadas em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior.

Para disputar uma bolsa parcial ou integral é necessário ter média de 450 pontos de nota mínima no Enem, ter sido aluno de escola pública ou bolsista na particular, e obedecer a alguns critérios socioeconômicos.

A bolsa integral é destinada aos estudantes que possuem renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já o teto da bolsa parcial, de 50% do valor da mensalidade, é de até três salários mínimo.

Calendário do Prouni 2017.2

Veja abaixo das datas:

Resultado da segunda chamada: 26 de junho
Comprovação de informações: 26 a 30 de junho
Prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera: 7 a 10 de julho

Fonte: portalaz

Parnaíba: realizada a abertura do III Simpósio Nacional de Letras/Português

Profissionais e acadêmicos participaram na noite desta quarta-feira (21/06), da abertura do IIO Simpósio Nacional de Letras/Português, intitulado “Estudos de Linguagem: Língua, Literatura e Ensino”. O evento segue até o dia 23 de junho do corrente ano, no campus professor Alexandre Alves de Oliveira, da Universidade Estadual do Piauí – UESPI.

Entre os presentes, a pró-reitora adjunta da Uespi, professora Rosineide Candeia de Araújo, o diretor da Uespi de Parnaíba, Eyder Franco Sousa Rios, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí – Fapepi, Francisco Guedes, a coordenadora do eveto e professora do curso de Letras/Português da Uespi de Parnaíba, Shenna Rocha, o professor do curso de Letras/Português, Rick Costa, dentre outros representantes da instituição.

A professora Shenna Rocha, coordenadora do evento, o simpósio abrange vários segmentos que envolvem a linguagem, como por exemplo, História, Filosofia, as licenciaturas de um modo geral e não apenas as discursões acerca do curso de Letras Português.

“Os temas eles giram em torno de Literatura, Literatura Brasileira, Literatura Estrangeira, Literatura e Filosofia, Literatura Homoafetiva, Linguística, Sociolinguística, Ensino de Língua Portuguesa, ensino de Línguas de um modo geral. É um simpósio que acontece com o propósito de abraçar muitas áreas das licenciaturas”, enfatizou.

Shenna Rocha destacou ainda que, os palestrantes foram uma escolha coletiva dos docentes. Entre os nomes em destaque, o do professor Dr. João Vianney Nuto (UnB), professor Dr. César Augusto Martins de Sousa (UFPA) e professora Dra. Raquel da Silva Lopes (UFPA).

O evento conta com o apoio da Fapepi. De acordo com o presidente da fundação, Francisco Guedes, trata-se de um evento de nível nacional, com troca de experiências e conhecimentos. “A Fapepi se sente honrada em colaborar com um evento como esse, pois dessa forma, está cumprindo a extensão da pesquisa e difusão do conhecimento”.


CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira 22/06/2017

Manhã:

8h-12h: minicursos (SESC Centro Cultural União Caixeiral)

M1: Profª. Ma. Rita Alves: Análise do Discurso: Bases em Pêcheux e a proposta Teóricometodológica de Maingueneau

M2: Profº. Dr. Luciano Ferreira: Literatura infantojuvenil brasileira contemporânea de feição homoafetiva

M3: Profª. Ma. Luíza de Marilac Veras Uchôa: Uma imersao no plurilinguismo: leitura e compreensão de textos em línguas românicas.

M4: Profª. Ma. Lucélia Almeida: Pesquisas em Literatura: abordagens da Crítica Literária

M5: Profª. Ma. Daíse Cardoso: Memória e poesia.

Tarde:

14h-18h: Apresentação de trabalhos: (comunicação oral: SESC União Caixeiral)

17h-19h Apresentação de trabalhos: (banner – Hall de entrada do Campus da UESPI)

Noite:

19h – Mesa redonda: Profa. Dra. Raquel da Silva Lopes – UFPA e Profa. Me. Silvana Maria Lima dos Santos – UESPI

Mediadora: Profa. Esp. Irami Soares Mineiro – UESPI

Sexta-feira 23/06/2017

Manhã:

8h-12h: Apresentação de trabalhos: (comunicação oral: Sesc União Caixeiral)

10h-12h: Apresentação de trabalhos: (banner – Hall de entrada do Campus da UESPI)

Tarde:

14h-18h: Oficinas (Sesc Centro Cultural União Caixeiral)

O1: Profª. Esp. Naiara Costa de Souza: Estratégias para a produção escrita, em Língua Portuguesa, para crianças surdas.

O2: Profº. Me. Carvalho Filho: Degustando o Conto de Horror

O3: Profº. Esp. Wagner José Nunes: Conto na dramaturgia

O4: Profº. Esp. Herbet Michael: Literatura e Cinema: diálogos semióticos.

O5: Profº. Me. Allan Andrade: O discurso da violência na mídia escrita.

Noite:

Mesa redonda: Prof. Dr. César Augusto Martins de Sousa-UFPA e Prof. Dr. Luciano Ferreira da Silva – UESPI

Mediador: Prof. Esp. Ryck Araujo Costa – UESPI

Por Tacyane Machado