Dorival Junior é o técnico preferido da diretoria do São Paulo

Dorival Junior é o técnico preferido da diretoria do São Paulo para substituir Rogério Ceni, demitido na tarde desta segunda-feira. Dorival está sem clube depois de ter sido despedido do Santos no mês passado. Os contatos entre a diretoria e o treinador ainda não foram iniciados.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, admira o trabalho de Dorival e esteve perto de contratá-lo em 2010, quando era vice-presidente de futebol do São Paulo. O presidente Juvenal Juvêncio, falecido em 2015, preferiu apostar em Sergio Baresi, treinador da base.

Em 2015, Dorival Junior assumiu o Santos em situação praticamente idêntica à que o São Paulo vive hoje. O Santos estava na 17ª posição, a mesma que o São Paulo ocupa hoje no Campeonato Brasileiro. Além de conseguir salvar a equipe, Dorival levou o Santos à final da Copa do Brasil.

Outro nome citado pela diretoria é o de Marcelo Oliveira, bicampeão brasileiro com o Cruzeiro em 2013 e 2014 e da Copa do Brasil de 2015 com o Palmeiras. Oliveira está sem clube desde que foi demitido pelo Atlético-MG, no fim de 2016. O nome não é consenso entre os aliados de Leco.

Sem o auxiliar Michael Beale, que pediu demissão na sexta-feira, o auxiliar Pintado, que possui cargo fixo, independentemente da comissão técnica, deve assumir como interino. O próximo jogo é contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro.

Com apoio de Júnior Percy, atleta buritiense vence corrida em São Luís – MA

A atleta buritiense Ana Célia no último domingo (02/07) participou da corrida JP2 RUNNING que aconteceu em São Luís no Maranhão. A atleta conseguiu a primeira colocação mesmo sem está fisicamente bem. A jovem mostrou garra e determinação e representou o Piauí, especialmente a cidade de Buriti dos Lopes durante a competição.

O percurso da corrida foi de 10 km e reuniu atletas de todo o norte/nordeste, a jovem teve apoio do Prefeito de Buriti dos Lopes Júnior Percy. Ana Célia agradeceu ao Prefeito pelo apoio, bem como ao seu professor Valdison Silva da VS VPERFORMANCE de Fortaleza – CE.

“Estou muito feliz, é uma conquista que não é só minha, mas sim de todos que acreditaram em nosso potencial. Obrigado a Deus, minha família, aos patrocinadores e ao Prefeito Júnior Percy pelo apoio e atenção a minha pessoa e ao esporte de Buriti dos Lopes. Obrigado” disse Ana.

 

Flamengo vence e manda São Paulo para a zona de rebaixamento

O São Paulo está na zona de rebaixamento. Neste domingo o Flamengo não deu chances ao Tricolor paulista na Ilha do Urubu e confirmou o favoritismo diante dos rivais, que acabaram caindo para a 17ª colocação ao serem derrotados por 2 a 0. Embalados na nova casa – o time ainda não perdeu no estádio Luso Brasileiro -, os rubro-negros mais uma vez mostraram um bom futebol e contaram com dois golaços, um de Guerrero e outro de Diego, para somar três pontos e reassumir a terceira colocação do Campeonato Brasileiro.

Com um elenco cada vez mais enxuto, o São Paulo sofreu novamente e segue sem perspectiva de melhora. Embora tenha dificultado a vida do Flamengo no início de jogo, o time se abalou com o primeiro gol dos rivais e daí em diante pouco assustou o goleiro Thiago.

Já o Flamengo segue demonstrando que deverá brigar pelo título do Brasileirão novamente. Após bater na trave no ano passado, o time de Zé Ricardo se reencontrou na Ilha do Urubu e não perde há seis rodadas. Fora da Libertadores, o renomado elenco rubro-negro deverá se dividir entre a Copa do Brasil e o Nacional, ainda que também dispute a Sul-Americana.

Flamengo neutralizou o São Paulo neste domingo na Ilha do Urubu (Foto: Pedro Martins/MoWa Press)
O jogo – Flamengo e São Paulo fizeram um início de jogo bastante equilibrado. Detendo mais a posse de bola, os donos da casa trocaram passes na tentativa de achar algum espaço de infiltração, no entanto, a zaga tricolor conseguiu segurar o ímpeto dos adversários nos primeiros minutos.

A partida seguia um tanto quanto truncada e sem muitas chances claras de gol até a etapa inicial se aproximar do fim. Em cobrança de falta na entrada da área aos 37 minutos, Guerrero colocou a bola no ângulo esquerdo de Renan Ribeiro e abriu o placar para os rubro-negros na Ilha do Urubu.

Se o Flamengo não havia se aproximado de balançar as redes antes da cobrança de falta do atacante peruano, com a vantagem no marcador passou a ser mais contundente. Aos 41 minutos, após uma grande troca de passes, Diego recebe de Éverton Ribeiro dentro da área e bate com a parte externa do pé para marcar um golaço e ampliar.

Antes do apito final o São Paulo ainda teve uma boa chance de descontar em infiltração de Marcinho, que recebeu bom passe de Lucas Pratto já dentro da área, mas acabou travado pelo zagueiro Rhodolfo na hora da finalização.

Diante da necessidade de ser mais ofensivo para correr atrás do prejuízo do primeiro tempo, o técnico Rogério Ceni voltou para a etapa complementar com o atacante Denilson no lugar de Wesley. Do outro lado, mais tranquilos com a vantagem, os jogadores do Flamengo esperaram o momento certo para atacar, explorando os espaços deixados pelos visitantes.

Aos 19 minutos Diego invadiu a área, bateu firme para o gol, mas Renan Ribeiro fez grande defesa. Na sobra, Guerrero finalizou duas vezes, porém, Rodrigo Caio bloqueou a primeira tentativa e amorteceu a segunda para o goleiro tricolor ficar com a bola. Dois minutos depois, o São Paulo respondeu. Em nova enfiada de Pratto, Cueva recebeu dentro da área e tirou do goleito Thiago, entretanto, Réver estava em cima da linha para evitar o primeiro gol tricolor na partida.

Nos minutos finais o São Paulo ainda se jogou para o ataque na tentativa de, ao menos, fazer um gol de honra. Mantendo a estratégia, o Flamengo, por sua vez,  tentava matar a partida através da saída em velocidade. Aos 47 minutos, Denilson levou para a linha de fundo e cruzou na cabeça de Wellington Nem, que acabou cabeceando para fora. Desperdiçando a última grande chance da partida, o Tricolor teve de sair de campo contentado com o 2 a 0 construído no primeiro tempo e com o posto de novo integrante da zona de rebaixamento do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 0 SÃO PAULO

Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de julho de 2017, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS)

GOLS: Guerrero, aos 37 minutos do 1ºT, e Diego, aos 41 minutos do 2ºT (Flamengo)
Cartões amarelos: Éverton (Flamengo); Cueva (São Paulo)

FLAMENGO: Thiago; Pará, Réver, Rhodolfo e Miguel Trauco (Renê); Márcio Araújo, Gustavo Cuéllar, Diego, Éverton Ribeiro (Berrío) e Everton (Matheus Savio); Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Araruna, Diego Lugano, Rodrigo Caio e Júnio Tavares; Jucilei, Wesley (Denilson) e Petros; Marcinho (Wellington Nem), Lucas Pratto e Christian Cueva (Shaylon)
Técnico: Rogério Ceni

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Final do torneio de Bairros atrai multidão em Buriti dos Lopes

A tarde do último sábado (01.07) foi bem movimentada em Buriti dos Lopes. Aconteceu a final do torneio de bairros e o bingo de uma Moto Pop 110 0 km. Um presente ofertado pelo prefeito Júnior Percy.
Desportistas de toda cidade e região marcaram presença no Estádio Municipal Quimezão.
A equipe do TIRADENTES foi a grande campeã do torneio de bairros 2017.
Várias Autoridades Municipais abrilhantaram a atividade esportiva com suas presenças, prestigiando ao jogo e fazendo entrega de premiações. ASCOM

Flu goleia a U. Católica e fica perto das oitavas da Sul-Americana

Abel Braga afirmou que o confronto da Sul-Americana dificilmente seria resolvido em 90 minutos, mas foi exatamente o que o Fluminense fez diante da Universidad Católica, do Equador, na noite desta quarta-feira.
Com um bom e ofensivo futebol, o Tricolor das Laranjeiras venceu por 4 a 0 no Maracanã e encaminhou a classificação para as oitavas de final da Copa.
O duelo de volta pela Sul-Americana só acontece no dia 26 de julho. Com grande vantagem, o Fluminense visita a Universidad Católica em Quito.
Desde os minutos iniciais ficou claro que o caminho para vitória estava no lado esquerdo de ataque. Léo, Wendel, Richarlison, Calazans… Quem apareceu por ali fez um estrago na defesa e levou perigo à meta da Universidad.
Depois de receber na entrada da área, Scarpa bateu colocado e tirou tinta da trave de Galíndez. O camisa 10 estava afim de jogo.
Coube a Henrique Dourado, que já tinha finalizado com perigo antes, abrir o placar no Maraca. Léo cruzou e após bate-rebate na área, a bola se ofereceu para o camisa 9, que só deslocou o goleiro.
Dois minutos depois, em mais uma falha de Carabaí, o Ceifador serviu Richarlison, que voltou a marcar pelo Flu após a polêmica envolvendo seu nome e o Palmeiras.
O Flu seguiu criando chances, mas também deu alguns sustos, especialmente quando se lançava à frente e oferecia o contra-ataque. A Universidad, por sua vez, não soube aproveitar. Quando Patta não estava impedido, Júlio César foi bem.
O Fluminense fez 3 a 0 antes do intervalo e, pasmem, em jogada iniciada pela esquerda. Calazans invadiu a área e cruzou para trás, a bola bateu no braço de Godoy. Henrique Dourado, o atacante que não perde pênalti, fez seu 21 gol em 2017.
Nem mesmo a saída do Ceifador, lesionado aos seis minutos da etapa final, diminuiu o ritmo do time de Abel Braga. Pedro entrou e logo viu Wendel marcar o golaço da noite. O Moleque de Xerém arriscou de muito longe e acertou no ângulo: 4 a 0.
Foi o quarto gol de Wendel no ano. O meia tinha prometido arriscar mais após marcar contra o São Paulo, no Morumbi. Dito e feito pelo camisa 6, que deixou o campo ovacionado pela torcida tricolor e deu lugar a Luquinhas.
Quem também entrou foi Wellington Silva, no lugar do lateral Léo. Com o jogo resolvido, os torcedores ditaram o ritmo da partida até o apito final na base do olé.
A impressão é de que a Universidad Católica não será capaz de reverter tal placar na volta, seja com a altitude de Quito ou não.

Fonte: Terra

Na Série D: River perde e dá adeus; Altos e Parnahyba avançam de fase

Um fim de semana de muita emoção para os times piauienses que disputam a Série D do Campeonato Brasileiro. Quem se deu bem foram as equipes do Altos e Parnahyba, que avançaram de fase. Já a equipe do River, ficou pelo caminho e deu adeus à chance de acesso para a Série C.

ALTOS APLICOU GOLEADA
Depois de mais um ano sem jogar em casa, no Estádio Felipão, o Altos voltou a encontrar sua torcida e a festa não poderia ter sido melhor. Na última rodada da fase de grupos, o Altos garantiu sua classificação para a fase de mata-mata derrotando a equipe do Tocantins pelo placar de 4 a 0.

Os gols foram marcados por Joelson, Manoel, Esquerdinha e Eduardo. Com o final da rodada, o Santos-AP ficou com o primeiro lugar do Grupo A4 com 13 pontos e o Altos terminou em segundo com 10 pontos.

PARNAHYBA AVANÇA, MESMO PERDENDO
A equipe do Parnahyba passou o maior sufoco neste domingo (25) quando enfrentou o time do Globo-RN no Rio Grande do Norte. A equipe do litoral perdeu a partida por 2 a 0, mas por conta do resultado do outro jogo do grupo, acabou se classificando para a próxima fase do Brasileirão da Série D.

Reinaldo e Gláucio fizeram os gols da partida. O Grupo A6 terminou com o Globo em primeiro lugar com 12 pontos. Em segundo ficou a equipe do litoral do Piauí, com 9 pontos.

RIVER PERDE E DÁ ADEUS
Jogando em Sobral no Ceará neste domingo (25) contra a equipe do Guarany, o River perdeu o jogo e ficou de fora da próxima fase da Série D do Brasileirão. O placar da partida foi de 2 a 1. Os gols da equipe cearense foram de Márcio Tarrafas e Erivelton. Já pelo Galo, Zé Neto marcou.

Pelo Grupo A5 se classificaram o Guarany de Sobral com 13 pontos conquistados e o Maranhão com 10 pontos. O River terminou em terceiro com 9 pontos somados. Dessa forma, Tricolor piauiense encerra suas atividades este ano, já que não disputará mais nenhuma competição.

Fluminense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro

Depois de quatro jogos de jejum, o Fluminense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, em confronto disputado na Ressacada, válido pela 9ª rodada, o time de Abel Braga não deu chances para o lanterna Avaí e atropelou o adversário pelo placar de 3 a 0. Henrique Dourado, Maicon (contra) e Mascarenhas fizeram os gols do Fluminense.

Júnior Percy reafirma apoio ao esporte amador de Buriti dos Lopes durante rodada do Torneio de Bairros

No último final de semana, o Prefeito de Buriti dos Lopes, Júnior Percy (PTB), prestigiou mais uma rodada do Torneio de Bairros, a competição vem movimentando o esporte na cidade e atraindo diversos de admiradores. O evento está sendo realizado no Estádio Quimezão e é uma realização da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

Júnior Percy incentivador e apoiador do torneio destaca a importância do torneio para a juventude buritiense. Segundo o gestor, é necessário promover a integração e aposta na descoberta de novos talentos. “Esse é um compromisso da nossa administração, vamos apoiar a revitalização do esporte amador na cidade e zona rural”, afirmou o Prefeito.

Também estiveram presentes durante o evento, o Secretário Municipal de Esportes, Jarbas Filho, o vice-prefeito Jarbas Fortes, a primeira-dama e Secretária de Saúde Luda Percy, vereadores e desportistas da região. O Secretário de Esportes Jarbas Filho reafirmou o compromisso da Secretaria em levar esporte para todas as localidades da zona rural. “É uma recomendação do prefeito Júnior Percy e assim vamos fazer. Estamos trabalhando muito para devolver aos buritienses autoestima e o orgulho de nossas tradições e riquezas”, disse.

 

Polêmicas, gol no fim e até troca de juiz: Fluminense e Flamengo ficam no empate

 Fluminense e Flamengo fizeram um clássico com tudo que um jogo com tamanha rivalidade costuma pedir. No fim, depois de polêmicas, reclamações e graças a um gol já aos 49 do segundo tempo, um empate por 2 a 2.

O Flu saiu na frente com Wendel, enquanto o Fla reclamou de pênaltis. O Fla empatou com Diego, enquanto o Flu reclamava de impedimento no lance do gol. Um pênalti mais indiscutível foi convertido por Henrique Ceifador, mas Trauco, já aos 49 do segundo tempo, deixou tudo igual.

  • Cadê a defesa?

Em um primeiro tempo truncado, as únicas chances foram em falhas da defesa do Flamengo. Na primeira, o Flu desperdiçou uma saída de jogo toda atrapalhada de Márcio Araújo com um chute de Scarpa travado pelo goleiro Thiago.

Na segunda, porém, não teve perdão. Aos 36 minutos, Wendel deixou a bola com Scarpa e entrou na área. A defesa não acompanhou e ele apareceu sozinho, de frente para o gol para desviar. A bola ainda bateu na trave, mas com todos os zagueiro e também com o goleiro parados no lance, o mesmo Wendel aproveitou para empurrar para o gol.

  • Pênaltis?

O Flamengo, porém, reclamou de dois pênaltis não marcados na etapa inicial.

No primeiro, Henrique ficou o tempo todo agarrado a Guerrero enquanto uma bola era cruzada na área. No segundo, Scarpa puxou o braço de Rodinei enquanto o lateral tentava invadir a área.

  • Impedido?

O Flu, porém, também teve do que reclamar. Aos 9 minutos do segundo tempo, o Flamengo conseguiu o empate graças a um lance polêmico.

William Arão levantou a bola na direção da área, Diego se enroscou com o zagueiro e a sobra ficou com Everton, que estava impedido no começo do lance. Lucas ainda travou o primeiro chute, Júlio César defendeu o rebote de Guerrero, mas a bola ainda voltou para Diego empurrar para as redes.

  • Troca de juiz

Aos 19, um lance inusitado.

O juiz Vinícius Gonçalves Dias de Araújo sentiu um problema na coxa e teve que deixar o campo. O posto dele ficou com Flávio Rodrigues de Souza, que era o assistente da linha de fundo.

  • Agora sim: pênalti!

Já com o juiz novo em campo, o Flu ficou na frente de novo com um gol de pênalti – após sobreviver a uma blitz flamenguista.

Aos 34, Richarlison foi lançado e ia entrando sozinho na área. Juan deu o carrinho e acabou derrubando o atacante tricolor. O árbitro marcou e, na cobrança, Henrique Ceifador mandou no cantinho para marcar seu oitavo gol na competição.

O goleiro Thiago até encostou na bola, mas não conseguiu evitar.

Fla-Flu

Quando tudo parecia se encaminhar para uma vitória tricolor, Trauco estragou a festa da torcida do Flu.

Aos 49 do segundo tempo, o peruano recebeu livre na entrada da área e, mesmo no meio da defesa, arriscou o chute. Deu certo! A bola quicou no meio do caminho e enganou o goleiro Júlio César.

Fluminense

Torneio de Bairros é encerrado com grande público no povoado Barra do Longá, em Buriti dos Lopes

Na tarde do último domingo (11/06), aconteceu no campo Santa Luzia na comunidade Barra do Longá em Buriti dos Lopes a grande final do Torneio de Bairros naquela localidade. A disputa aconteceu entre as equipes do Centro e Vila Nova, o jogo foi marcado por muita emoção e rivalidade.

O torneio que já faz parte do calendário esportivo do município reuniu uma grande multidão de desportistas. Quem também esteve presente para prestigiar a partida foi o Prefeito Júnior Percy que estava acompanhado da secretária de saúde Luda Percy e assessores e secretários municipais.

Além de apoiar o evento e prestigiar a partida, Júnior Percy teve a honra de entregar às equipes suas respectivas premiações. O gestor parabenizou a organização do evento e disse que vai continuar apoiando os eventos que integre a população. Ainda durante o evento, o prefeito foi abraçado carinhosamente pela população presente.

“O Torneio de bairros é um grande sucesso, é muito importante que campeonatos como este aconteçam para valorizar nossos jovens talentosos, integrar a juventude ociosa e, claro, incentivar atividades esportivas do município e Zona Rural”, disse o prefeito.