Vencedora do Miss Brasil quer usar título como arma contra o racismo

 

Uma semana após vencer o Miss Brasil, Monalysa Alcântara ainda não conseguiu assimilar que foi eleita a mulher mais bonita do País. Ela é a primeira piauiense e a terceira mulher negra da história a receber o título do concurso — Deise Nunes, em 1986, e Raissa Santana, no ano passado, completam a lista.

Ao receber a coroa, a estudante de administração de empresas foi às lágrimas ao ver que a sociedade “passou a dar mais espaço para as mulheres com cabelos cacheados”.

— Foi emocionante e indescritível. Eu realmente sonhei com aquilo e foi o momento mais feliz da minha vida, eu não tenho nem palavras para descrever o sentimento. Acredito que estão enxergando a mulher negra como ela sempre deve ser vista: que tem sua beleza, personalidade e luta. Por muito tempo fomos marginalizadas e vistas como feias e solitárias, mas hoje isso está mudando.

Após a vitória na competição, Monalysa foi vítima de comentários preconceituosos na internet. De acordo com o CPB (Código Penal Brasileiro), o crime de injúria racial, pelo qual se ofende a dignidade ou o decoro de uma pessoa com base em elementos de raça, cor ou etnia, rende pena de reclusão de um a três anos, além de multa. A Miss pretende usar o destaque que ganhou na mídia para apoiar causas ligadas ao combate contra a discriminação.

— Já tinha sofrido antes [ataques racistas] e aprendi a não me deixar abalar e enxergar que somos todos iguais. A primeira vez foi chocante, mas superei porque sei que isso não é honesto e nem humano. Eu lamento que isso aconteceu, mas realmente eu já esperava. Tanta coisa boa acontecendo na minha vida, nenhum desses ataques vai me tirar dessa paz e felicidade. Estou fazendo história não só no Brasil, mas no meu Piauí. E todos esses ataques mostram que o racismo existe e eu estou aqui para lutar e dar voz contra ele.

— Sempre acreditei no meu potencial, mesmo muitas vezes o mundo dizendo o contrário. Eu vou lutar, vou me preparar e vou representar muito bem meu País. Estou disposta e determinada.

Monalysa é muito mais do que seus 57 kg, 1,77 m de altura, 69 cm de cintura, 95 cm de quadril e 87 cm de busto. Ela espera servir de espelho para as mulheres “acreditarem mais em si e buscarem seus sonhos”.

— Quero ser exemplo e mostrar que realmente não devemos nos deixar contaminar com a energia ruim, preconceituosa e mesquinha. Infelizmente o racismo existe, sim, ele não é velado, e precisamos combater. Todo esse ataque que eu sofri, por exemplo, só prova que essa luta deve e merece ser reconhecida e falada: não só por mim, mas por todo o Brasil. Quando sabemos quem somos de verdade, os obstáculos são mais fáceis de serem superados. Posso inspirar outras pessoas a não abaixar a cabeça e a entender que o racismo é um erro.

INSS já cancelou 168 mil auxílios-doença após convocação de perícias

Até o início de agosto, o pente-fino feito pelo governo federal nos auxílios-doença concedidos por incapacidade resultou no cancelamento de 168.396 benefícios de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebiam os valores e há mais de dois anos não passavam por avaliação médica. O número corresponde a 79,94% das 210.649 perícias feitas até este mês.
Além disso, também foram cancelados 20.304 benefícios porque os segurados não responderam à convocação para perícia feita pelo INSS. De acordo com Ministério do Desenvolvimento Social, 33.798 benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 1.892 em auxílio-acidente, 1.105 em aposentadoria por invalidez, com acréscimo de 25% no valor do benefício e 5.458 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.
Com o pente fino, segundo a pasta, a economia anual estimada até agora é de R$ 2,7 bilhões. Ao todo, 530.191 benefícios de auxílio-doença serão revisados.
Fonte: Agência Brasil

Ministro diz que são falsas notícias de que salário mínimo será reduzido

 

“Não é verdade que o governo reduziu o salário mínimo”, afirmou, acrescentando que o valor em vigor neste ano é de R$ 937 e para 2018 valerá o que está na lei.
O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, publicou um vídeo em redes sociais para dizer que são falsas as notícias na internet de redução do salário mínimo.
“Não é verdade que o governo reduziu o salário mínimo”, disse, acrescentando que o valor em vigor neste ano é de R$ 937 e para 2018 valerá o que está na lei. “O valor definitivo só será conhecido em dezembro quando teremos um número mais preciso sobre a inflação de 2017”, explicou.
Entenda
Na última terça-feira (15), o governo divulgou nova previsão para o salário mínimo no próximo ano. O valor de R$ 979 que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) passará para R$ 969 durante a elaboração do Orçamento.
Por lei, até 2019, o salário mínimo será definido com base no crescimento da economia de dois anos antes mais a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Como o Produto Interno Bruto (PIB – a soma de todas as riquezas produzidas no país) recuou 3,6% em 2016, a correção do salário mínimo de 2018 levará em conta somente a inflação. O reajuste menor ocorre pela redução na expectativa para a inflação para este ano.
Com informações da Agência Brasil

135 concursos abertos reúnem 10 mil vagas com salários até R$26 mil

Pelo menos 135 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (21) e reúnem 10.809 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 26.125,16 na Defensoria Pública de Alagoas.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Veja os órgãos que abrem inscrições nesta segunda:

Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do estado de São Paulo (Creci-SP) divulgou dois editais de processos seletivos para um total de 4 vagas em cargos de níveis médio e superior. As remunerações vão de R$ 1.183,78 a R$ 7.778,03. Os candidatos podem se inscrever pelo site www.nossorumo.org.br entre os dias 21 de agosto e 8 de setembro. A prova será aplicada em 8 de outubro (veja o edital no site da organizadora).

Polícia Civil do Pará

A Polícia Civil do Pará vai abrir processo seletivo para 5 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários vão de R$ 937 a R$ 1.515,30. As inscrições podem ser feitas nos dias 21 e 22 de agosto pelo site ww.sipros.pa.gov.br. A seleção será feita por meio de análise documental, curricular e entrevista (veja o edital no site do governo do Pará).

Prefeitura de Brusque (SC)

A Prefeitura de Brusque (SC) fará processo seletivo para 2 vagas temporárias de nível médio. O salário é de R$ 2.874,79. As inscrições podem ser feitas na sede da secretaria de obras públicas, localizada na Rua Ivandro Bruns, 411, das 8h às 11h30, entre os dias 21 e 25 de agosto. A prova prática está prevista para 29 de agosto (veja o edital no site da prefeitura).

Prefeitura de Cafelândia (PR)

A Prefeitura de Cafelândia (PR) divulgou edital de processo seletivo para 8 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior. As remunerações vão de R$ 1.150,03 a R$ 2.008,03. As inscrições estarão abertas de 21 a 23 de agosto na secretaria de educação, localizada na Rua Vereador Luiz Pícolli, 299, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h. A seleção será feita por meio de análise de currículos (veja o edital no site da prefeitura).

Prefeitura de Criciúma (SC)

A Prefeitura de Criciúma (SC) fará concurso público para 3 vagas para fiscal de rendas e tributos (nível superior). O salário é de R$ 14.205,12. As inscrições podem ser feitas de 21 de agosto a 29 de setembro pelo site http://ftcriciuma.fepese.org.br. Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva (veja o edital no site da organizadora).

Prefeitura de Patos de Minas (MG)

A Prefeitura de Patos de Minas (MG) vai abrir processo seletivo para 16 vagas para médicos. Os salários vão de R$ 3.245 a R$ 6.725,53. As inscrições devem ser feitas de 21 a 28 de agosto na secretaria de saúde, localizada na Rua Alzino Martelo, 710. A seleção será feita por meio de análise de currículos (veja o edital no site da prefeitura).

Prefeitura de Porto Ferreira (SP)

A Prefeitura de Porto Ferreira (SP) divulgou edital de concurso público para 42 vagas em cargos de níveis médio e superior. As remunerações vão de R$ 965,11 a R$ 1.584,62. As inscrições podem ser feitas pelo site www.ibamsp-concursos.org.br no período de 21 de agosto a 22 de setembro. As provas estão previstas para o dia 8 de outubro (veja o edital no site da organizadora).

Fonte: Com informações do G1

Novo ‘desafio da água quente’ preocupa pais de todo o mundo

 

 

Um desafio que circula nas redes sociais e faz sucesso entre jovens tem oferecido riscos a saúde e causado graves problemas. O Hot Water Challenge, ou “desafio da água quente”, consiste em jogar água fervente de surpresa em um amigo, gravar o momento e compartilhar nas redes sociais. Em outros casos, o objetivo é beber o líquido ou mergulhar a mão em um recipiente com o líquido em alta temperatura.

A “brincadeira”, porém, já causou queimaduras graves e, recentemente, levou uma menina de 8 anos à morte. No fim de julho, Ki’ari Pope, do estado americano da Flórida, perdeu a vida depois que uma prima a desafiou a beber água fervente por meio de um canudo. Ki’ari queimou a boca e a garganta, teve de ser levada ao hospital, onde passou por uma traqueostomia.

Novo 'desafio da água quente' preocupa pais de todo o mundo (Crédito: Reprodução/youtube)
Novo ‘desafio da água quente’ preocupa pais de todo o mundo (Crédito: Reprodução/youtube)

Mesmo após a cirurgia, ela sofreu problemas respiratórios, ficou inconsciente e morreu horas depois.

Pouco tempo depois, Jamoneisha Merritt de 11 anos, sofreu sérias queimaduras quando seus amigos jogaram água fervente em seu rosto enquanto dormia. Outra vítima foi Wesley Smith de 10 anos, sofreu pelos mesmos problemas depois que ele e um irmão fizeram o desafio.

Os pais das vítimas se unem a outros pais, mães e cuidadores para alertar sobre os perigos de reproduzir desafios publicados na internet.

Fonte: Com informações do Metropóles

Ator Paulo Silvino morre de câncer aos 78 anos

 

Morreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 78 anos, o ator Paulo Silvino. Segundo informações, o humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona oeste do Rio, no início da manhã. O artista, que lutava contra um câncer, estreou na TV 1966, apresentando o Canal 0, programa humorístico que satirizava a programação das emissoras de TV.

Silvino cresceu nas coxias do teatro e nos bastidores da rádio. Isso porque seu pai, o comediante Silvério Silvino Neto, conhecido por realizar paródias de figuras públicas no Brasil dos anos 1940 e 1950, levava o menino para acompanhar seu trabalho. Paulo Silvino também mostrava talento para a música, revelado durante as aulas que tinha com a mãe, a pianista e professora Noêmia Campos Silvino.

“Eu nasci nisso. Com seis, sete anos de idade, frequentava os teatros de revista nos quais o papai participava. Ele contracenava com pessoas que vieram a ser meus colegas depois, como o Costinha, a Dercy Gonçalves.”

Fonte: G1

 

Doação de leite materno beneficia tanto quem doa como quem recebe

 

 

Quando Luiza nasceu prematura, precisou ficar internada por 19 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Para assegurar os nutrientes necessários ao desenvolvimento dela e o ganho de peso, a menina era alimentada com o leite de várias doadoras.

“Ela teve várias mães invisíveis”, conta a advogada e mãe de Luiza, Cristina Schiel. “Ela recebeu muito amor líquido.” Depois de passar por essa experiência, Cristina decidiu, na segunda gravidez, que iria retribuir o gesto que beneficiou a vida da filha.

“Quando voltei a trabalhar, a produção de leite ficou maior. Uma parte dava para o bebê, e o restante doava. Foi assim por mais de seis meses.” Ela ainda se tornou doula para ajudar outras mães a amamentar. “Doação de leite é também doação de vida, que para mim foi fundamental quando tive a primeira filha prematura. Por isso, doar é muito tocante”, ponderou.

Para facilitar e incentivar as doações, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano ainda conta com apoio do Corpo e Bombeiros, que entregam os frascos para armazenar o leite e buscam o material na casa das mães.

“Para mim, era muito tranquilo. Os bombeiros vinham à minha casa e recolhiam”, relata a estudante Jéssica Siqueira, mãe de primeira viagem de Rael, de um ano e sete meses.

“Não tinha desgaste físico nenhum. Quando Rael nasceu, tive muito leite e sentia que o estava desperdiçando. Pensava nas outras mães que deviam estar precisando e sofriam por não conseguirem amamentar. Com tão pouco, já se ajuda tanto”, afirmou.

As mães também podem entregar o leite nos postos de coleta. Ao todo, 221 bancos estão espalhados por todo o País. As doações são fonte de vida para os bebês. Cada 300 mL de leite alimentam até dez recém-nascidos.

A enfermeira Isabelle Lara, que também é doadora, conta que, no primeiro dia de vida da filha, teve dificuldades para amamentar.

“Fiquei desesperada pensando que ela nunca iria amamentar do meu leite, mas no dia seguinte parecia que ela tinha aprendido a mamar e pegou o meu peito de uma forma perfeita.”

Com a estimulação, o volume de leite aumentou. “Meu peito ficou muito cheio de leite, foi então que tive a ideia de doar para aqueles bebês que não tinham o leite da mãe”, concluiu.

Doação de leite materno supre 60% da demanda por aleitamento no Brasil

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Previsão para o salário mínimo em 2018 cai para R$ 969; veja o motivo

A revisão das projeções econômicas para 2018 levou o governo a reduzir o salário mínimo para o próximo ano. O valor de R$ 979 que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) passará para R$ 969 durante a elaboração do Orçamento.
A redução ocorreu por causa da queda na projeção de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2017. No fim de julho, o governo tinha revisado a estimativa para a inflação oficial de 4,3% para 3,7%.
Por lei, até 2019, o salário mínimo será definido com base no crescimento da economia de dois anos antes mais a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), indicador próximo ao IPCA, do ano anterior. Como o PIB recuou 3,6% em 2016, a variação negativa não se refletirá no salário mínimo de 2018.
De acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, o valor do salário mínimo pode mudar até o início do próximo ano. Segundo ele, o Orçamento trabalha apenas com estimativas. “O salário mínimo só será conhecido em janeiro. Até lá, várias coisas podem mudar”, declarou.
Com informações da Agência Brasil

Ganhador da Mega-sena abandona a Vila Cruzeiro no RJ

 

 

 

 

 

 

 

 

RIO – O entusiasmo começa a dar lugar à lamentação entre os moradores da Vila Cruzeiro, comunidade da Penha, na Zona Norte do Rio, de onde saiu o prêmio de R$ 107,9 milhões da Mega-sena. Depois de ganhar sozinho a bolada, o novo milionário juntou a família, arrumou as malas e abandonou a favela. Uns dizem que o sortudo foi para o exterior, outros garantem que ele não tinha passaporte e garantem que ele foi para Minas Gerais. Há quem ainda espere que ele olhe para a comunidade onde foi nascido e criado.

— O morador fica na ansiedade de o ganhador esperar a poeira baixar e depois olhar pelo povo. A comunidade aqui é muito carente. Qualquer ajuda, por menor que seja, já transforma a vida das pessoas — comenta o presidente da associação de moradores, Luis Cláudio dos Santos, de 50 anos.

Na última quarta-feira (02), moradores da comunidade fizeram fila para receber 40 cestas básicas que foram distribuídas pela associação de moradores na Rua Merendiba. Enquanto aguardavam para pegar a doação, o papo era um só: todos se questionavam se o milionário daria uma ajudinha. Até Janaína da Silva, de 43 anos, administradora da casa lotérica Cruzeiro da Sorte, onde foi feita a aposta, espera um troco do ganhador.

— Os clientes estão vindo aqui para perguntar se o sortudo lembrou da gente. Até agora, nada. Mas ele é morador antigo daqui, então tenho esperança de que lembre da comunidade.

A Caixa Econômica Federal confirmou que o ganhador retirou o prêmio na segunda-feira, mas não quis informar a agência onde ele foi atendido.

 Fonte: Jornal O Globo

 

Com apoio do Governo, frigorífico baiano inicia abate de jumentos para exportação

Um frigorífico de Amargosa a 240 km de Salvador começou na última quarta-feira (26/07) o abate de jumentos para exportação. A expectativa é de que 300 toneladas de carne sejam produzidas e exportadas para a China por mês.
O abate do animal foi iniciado de forma experimental em um frigorífico na Chapada Diamantina, com o retorno positivo dos testes, foi destinado um frigorífico especifico para este tipo de abate.
Além da carne, a intenção é que outras partes do animal sejam aproveitadas para a produção de subprodutos. O couro do animal será exportado para indústrias de cosméticos e farmacêuticos.
Apesar do consumo não ser comum na região nordeste, carne do jumento é rica em proteínas e menos gordurosa do que as carnes que são normalmente consumidas, como a de boi. O leite é mais próximo do leite materno. A produção de laticínios também é um dos alvos da criação do animal, o queijo do leite de jumenta é considerado uma iguaria, diz pesquisa.
Segundo o governador Rui Costa, “Os 420 empregos gerados são resultado concreto da viagem que fizemos à China em março de 2016. Retornaremos ao país asiático ainda este ano com o objetivo de confirmar investimentos de grande porte, que vão gerar ainda mais empregos e desenvolvimento para o nosso estado”.
O objetivo do projeto vai desde a compra de jumentos de pequenos produtores rurais para procriação até o melhoramento genético a partir de animais que vêm da China.
Via: Portal Sistema Brasileiro de Noticias