Criança agredida pela mãe corre risco de não caminhar devido graves lesões

Delegada Marcela Sampaio
Menina de apenas um ano já foi vítima da mãe, estudante de 20 anos, outras vezes.
Uma criança de apenas um ano e três meses foi internada no Hospital Infantil vítima de espancamento. A acusada do crime é a própria mãe da criança, uma jovem de 20 anos. A delegada de proteção a Criança e ao Adolescente, Marcela Sampaio, já pediu a prisão preventiva da acusada. A polícia não informou o nome da agressora, mas afirma que o caso ocorreu na Cidade Leste em Teresina.
A denúncia foi feita pelo pai da menina após perceber o grande número de hematomas na criança. De acordo com a polícia, a menina chora muito e está bastante machucada devido as agressões sofridas. A partir de agora a guarda da criança deve ficar com o pai, o mecânico João Eduardo dos Santos Nascimento, 29 anos. A polícia afirma que a mãe já possui histórico de agressões.
            A avó, a criança e o pai
Os médicos que atenderam a criança afirmam que algumas lesões são muito graves e antigas e talvez a criança tenha dificuldades de caminhar no futuro. A mãe da criança está proibida de se aproximar da filha. O pai assinou um termo junto ao Conselho Tutelar e a criança está sob responsabilidade dele e da avó.
A delegada Marcela Sampaio afirma que os médicos e os conselheiros tutelares ficaram assustados com o estado da criança. “Infelizmente agressões da própria mãe contra os filhos pequenos é mais comum do que as pessoas imaginam. É preciso que as pessoas denunciem este tipo de crime porque uma criança não tem como se defender”, declarou.

 Fonte: 180graus

Deixe uma resposta