Deflagrada ‘guerra’ nos bastidores e nas redes sociais entre Marcelo Castro e Wellington Dias

Adquiriu contornos mais duros nas últimas horas a “guerra” na internet e nos bastidores entre partidários de Marcelo Castro (pré-candidato do PMDB) e Wellington Dias (pré-candidato do PT) ao Governo do Estado na eleição de outubro deste ano. No começo da semana foi divulgado um vídeo em que Castro, pensando estar cercado apenas por amigos, em Lagoa Alegre, faz críticas aos seus adversários e garante ter o apoio da maioria das lideranças políticas. Nas últimas horas, houve um contra-ataque: foi divulgado um vídeo em que Wellington evidencia as qualidades de Marcelo como “o grande político piauiense” e pede votos para ele.

wdimarceigues/GP1Wellington Dias(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Wellington Dias

Por mais que os dois pré-candidatos afirmem que defendem uma campanha limpa, sem ataques de natureza pessoal, a guerra entre seus partidários, ai incluídos até mesmo assessores, foi deflagrada e pode ser uma das mais violentas da história de eleições no Piauí. Os petistas querem voltar ao poder e o PMDB sente que tem a grande oportunidade de encerrar um jejum iniciado com a cassação de Mão Santa.

Imagem: Isabela Rêgo/GP1Marcelo Castro(Imagem:Isabela Rêgo/GP1)Marcelo Castro

A internet tem sido o principal campo de batalha entre os seguidores de candidaturas. O facebook é a rede social mais utilizada. Nesse espaço já dispararam seus petardos ex-secretários, assessores e amigos dos dois pré-candidatos. No momento o espaço parece ser ocupado com mais frequência por defensores da candidatura de Wellington Dias, mais presentes nas redes sociais.

Ao que se sabe o PMDB está preparando a sua equipe para ocupar esse espaço na defesa de Marcelo Castro acreditando que pode recuperar o terreno perdido. Nas ruas os dois grupos têm capacidade de reunir militantes. O PMDB não tem tanta gente assim para bradar gritos de Marcelo mas seu principal aliado,o PSB, tem de sobra.

A militância do PSB tem líderes conhecidos e especialistas nas batalhas de campo como Messias Junior e Lobão, aquele que na semana santa fazia o papel de Jesus Cristo, na encenação do Monte Castelo. Agora está com o cabelo curto mas não perdeu sua capacidade panfletária.

Deixe uma resposta