Dona de casa é estuprada e morta a pedrada

Mulher foi morta com requintes de crueldade após ter sido estuprada; Polícia suspeita que houve estupro coletivo.

remocao_1

A dona de casa Keila Cristina dos Santos Silva, de 40 anos, que residia a rua ‘G’, nº 729, bairro São Vicente de Paulo, foi encontrada morta nessa manhã de segunda-feira-08/12, encostada a um muro dentro de um campo de futebol, localizado a rua Roland Jacob, no mesmo bairro em que residia, em Parnaíba. O corpo da vítima estava com sinais visíveis de estupro seguido de assassinato violente com uma pedrada na cabeça.

A vítima foi achada pelo jardineiro do campo que acionou a policia. Uma guarnição comandada pelo tenente Armando estavam no local fazendo o levantamento da ocorrência. Há relatos no local que a vítima foi vista na noite de ontem participando de bebedeira. O carro tumba do Instituo Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo na manhã desta segunda-feira (08). A policia não descarta a possibilidade do estupro ter sido coletivo, onde vários poderiam ter participado. O crime pode ter ocorrido durante o turno a madrugada dessa segunda-feira. A vítima deixou vários filhos e estava separada do marido.

Deixe uma resposta