Exagerou na ceia de Natal? Veja dicas para evitar e tratar a má digestão

Após a ceia de Natal é comum muitas pessoas procurarem uma dieta “detox” para compensar os exageros da noite anterior.  A indigestão, essa sensação de desconforto gerada pela comida em excesso, geralmente acontece quando se come muito rápido, acompanhado por líquidos, ou devido a ingestão de gorduras e frituras em demasia. Para esclarecer algumas dúvidas a respeito deste assunto, o quadro “Fala Saúde” desta quarta-feira (25) recebeu a gastroenterologista Ana Carolina Trindade (veja o vídeo acima). Tire suas dúvidas com as perguntas e respostas abaixo, e não deixe de procurar um médico especialista.
Como fazer para evitar a má digestão nesse período de festas?
Comer em excesso faz mal a saúde, porque vai além da nossa capacidade de digerir. Então, nessa época fica muito complicado devido a excesso de gordura, de sal, de refrigerantes durante a refeição. O que se pode fazer realmente é evitar essa mistura. A gordura deixa a digestão mais lenta. Comer junto com refrigerante também vai dificultar a digestão, porque vai diminuir o suco gástrico. Então nós temos que ser moderados.
É possível saber quando um alimento vai “cair mal” antes mesmo de comer?
Não existe um alimento exclusivamente indigesto. O que existe é cada pessoa ter uma sensibilidade a um determinado ingrediente. Então a comida não é realmente a culpada, é o modo com que se come, é o exagero. Isso que faz mal.
Suco verde faz bem para desintoxicar?
Sim, devemos nos alimentar de frutas verduras legumes e muito líquido, principalmente após excessos alimentares.
Comer e tomar água durante a refeição faz mal?
Faz mal sim, o excesso de água durante a alimentação. O ideal é tomar uma hora antes ou meia hora depois da refeição.
Como podemos tratar a má digestão?
Normalmente o desconforto é temporário, então é dieta leve, tomar bastante líquido. Mas não tomar laxante, nem tomar diurético! Se for necessário, em alguns casos, pode tomar um anti ácido para aliviar os sintomas.

Fonte: G1

Deixe uma resposta