Felipe vira a bola da vez no time do Fluminense Agente do jogador já afirmou a pessoas que o acerto está concretizado

Apesar de cauteloso, o Fluminense está atento ao mercado. Em busca de um apoiador, o Tricolor já está atento a todos os passos de Felipe, do Vasco. O jogador que está em litígio com o Cruz-Maltino, teve quase 100% de aprovação na reunião da cúpula de futebol do Flu para trazê-lo para a disputa da Copa Libertadores. 
Os mais empolgados foram o presidente da parceira e patrocinadora do Flu, Celso Barros, entusiasta do Maestro, e o técnico Abel Braga. O mandatário da Unimed-Rio, inclusive, é muito amigo de um dos representantes do jogador, Reinaldo Pitta.

O filho de Reinaldo, Rodrigo Pitta, que também trabalha como agente de Felipe, comentou na última quinta-feira a pessoas próximas que o acerto entre Felipe e Fluminense já está sacramentado, faltando apenas o apoiador resolver sua situação litigiosa com o Vasco. Contudo, a precaução tricolor é tanta, que o clube evita falar abertamente do interesse, confirmado na última reunião, que aconteceu sexta-feira. 

O Tricolor ainda aguarda um possível desfecho judicial da situação entre o rival e o meia, que acena em cobrar R$ 7 milhões em caso de rescisão. Um acordo entre as partes não está descartado. Assim, o caminho para o Flu ficaria mais fácil para o acerto.

Procurado, Reinaldo Pitta, evitou falar do interesse de qualquer outro clube e garantiu que enquanto Felipe não definir sua situação com o Cruz-maltino, não irá ouvir nenhuma proposta.

– Temos que lembrar e respeitar a instituição chamada Vasco da Gama. Não vamos conversar com nenhum clube antes de resolver a saída dele de lá. As pessoas passam, mas a instituição fica. Por isso, o respeito tem que ser muito grande. Existe, sim, o interesse de diversos clubes, mas não vamos conversar com nenhum por agora – disse.

Apesar das declarações do empresário, o LANCE!Net apurou que pessoas ligadas ao Fluminense já entraram em contato com Reinaldo Pitta, que deixou tudo costurado para uma eventual negociação. Mesmo assim, valores só serão discutidos quando o jogador estiver efetivamente liberado do Vasco.

Mantendo a postura de não falar sobre negociações, o diretor executivo do Fluminense, Rodrigo Caetano, foi categórico ao falar sobre um possível interesse do Tricolor em contar outra vez com o Maestro, que passou pelo clube em 2005, sob o comando do próprio Abel Braga.

– O Felipe ainda é jogador do Vasco. Ele foi oferecido, levamos ao Abel Braga, mas não passou disso. Não existe nada e não falamos sobre jogadores que não são nossos – resumiu.

A oportunidade de contar com Felipe empolgou o técnico Abel Braga, que vê o jogador como reforço ideal para a disputa da Copa Libertadores. Após contratar jogadores com perfil de brigarem por posição de titular, a experiência do apoiador vascaíno é vista pelo treinador como de suma importância para o clube buscar o sonhado título continental.
Fonte: Lancenet

Deixe uma resposta