Helicóptero da Globo cai e deixa duas pessoas mortas no Recife

Um helicóptero da Rede Globo, caiu no início da manhã desta terça-feira (23), na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife (PE), deixando duas pessoas mortas e uma ferida.

De acordo com o G1, os ocupantes do helicóptero eram o comandante Daniel Galvão, que morreu no local; a 1ª sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza, que chegou a ser socorrida, mas faleceu; e o operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, que encontra-se em estado grave no Hospital da Restauração (HR). Algumas testemunhas afirmam que havia um quarto ocupante.

A queda aconteceu logo depois que foram feitas as imagens aéreas de abertura do telejornal Bom Dia Pernambuco. O Corpo de Bombeiros foi acionado e está fazendo buscas na região.

Bombeiros fazem buscas na Praia do Pina                                       Bombeiros fazem buscas na Praia do Pina

“De início, quando a gente chegou ao local, a informação é que teria quatro tripulantes. A gente tem, em solo, resgatado pela Comunidade do Pina, três pessoas. Dois óbitos, sendo uma moça que obitou durante o procedimento de reanimação. Uma pessoa do sexo masculino foi removida para o Hospital da Restauração”, afirmou o técnico de enfermagem do Samu, Valdemir, em entrevista ao Bom Dia Pernambuco.

A Globo informou que “o Globocop era um helicóptero modelo Robinson R44/News copter, aeronave específica para filmagem aérea. De acordo com a Helisae, a aeronave passou na terça-feira (16), pela inspeção anual de manutenção. A empresa afirmou que o helicóptero era mantido pelos padrões técnicos exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e órgãos responsáveis, cumprindo um calendário rigoroso de manutenção”.

Deixe uma resposta