Homem não pode ficar a menos de 500 metros da ex-mulher


No total, cinco carros do motorista foram destruíUm homem está denunciando que teve cinco carros destruídos por sua ex-mulher, em Contagem, região metropolitana de BH. O último ataque teria sido neste sábado (27).

O motorista Antônio Pereira da Silva conta que, primeiro, a mulher e o filho queimaram um de seus carros como um aviso para que ele saísse de casa. Depois, mais quatro carros foram destruídos. O casal está separado há um ano e a mulher, que é técnica de enfermagem, estaria insatisfeita com o ex-marido porque a casa onde Pereira vive fica em um terreno da família dela.
O divorciado também foi proibido pela Justiça de se aproximar da ex-companheira. Em abril deste ano, ela alegou que foi vítima de uma agressão física e ganhou o direito de impedir que o homem fique a menos de 500 m dela. No entanto, Pereira alega que ela está se aproveitando dessa proteção para atacá-lo.

— Ela me agrediu fisicamente, usando uma chave de caminhão e um martelo. Eles podem ficar o dia inteiro aqui, na minha porta, e eu não posso falar nada, porque eu vou preso.

A técnica em enfermagem não foi encontrada pela reportagem para comentar sobre o assunto. O motorista alega que quer entrar em um acordo com a ex-mulher para que não perca mais nenhum bem de valor.

Deixe uma resposta