João de Deus diz que Lula será candidato mesmo após condenação

O deputado estadual João de Deus, líder do PT na Assembleia Legislativa do Piauí, confirmou nesta quarta-feira (24) que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva será candidato à presidência da república pelo Partido dos Trabalhadores (PT) este ano.

De acordo com o deputado estadual, o ex-presidente terá o nome lançado mesmo com a condenação, em segunda instância, pelo “Caso Triplex” durante o julgamento do recurso de Lula no TRF-4, que aconteceu hoje. Além de manter a condenação, os desembargadores aceitaram o pedido do MPF para aumentar a pena atribuída ao petista, para 12 anos e 1 mês de detenção.

  • Foto: AlepiDeputado João de Deus (PT)Deputado estadual João de Deus (PT)

“Esse julgamento de hoje nós achamos que é um julgamento de carta marcada. Fora que essa programação de lançar o Lula a presidente da república ela vai continuar. Amanhã mesmo o PT se reúne e já lança, independentemente do resultado o nome dele para concorrer às eleições e vamos para uma batalha jurídica e política nas ruas para garantir que ele possa ser validado”, explicou João de Deus.

O deputado também disse que as pessoas estão cada vez mais conscientes de que há uma armação para tirar a possibilidade do PT voltar ao poder. O vereador Dudu também se posicionou sobre o caso e relatou que a candidatura de Lula está entre as prioridades do partido.

“Não adianta elegermos deputados e perdemos o governo, assim como não adianta elegermos o governo e perdemos deputados. Em 2018 nós não podemos só fazer o debate da chapa proporcional ou majoritária, temos que ver a conjuntura e o conjunto disso tudo. Nós temo que pesar, o que é importante para o PT?! é a eleição do Lula e a eleição do governador, são os dois projetos encandecem o Brasil e o Piauí, isso vai trazer discursão pra proporcional, e o PT vai querer ficar por cima de tudo”, esclareceu Dudu.

Deixe uma resposta