Monalysa volta ao Brasil, fala de críticas e sobre canal no YouTube após o reinado

Monalysa Alcântara está de volta ao Brasil. A piauiense de 18 anos disputou no último domingo (26/11) o Miss Universo, em Las Vegas, e ficou entre as 10 mais belas mulheres do mundo, na competição que coroou a sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters.

Em uma live no Facebook do Miss Brasil Be Emotion, Monalysa comentou sobre os dias de confinamento, as críticas que recebeu sobre as “aparições nas redes sociais”, a saudade da família e sobre os planos para o futuro.

A jovem afirma que seu maior aprendizado nos dias em que esteve nos Estados Unidos, com candidatas de mais de 90 países, foi justamente o exercício diário em entender o outro. Apesar da confiança de que poderia ter um bom desempenho no concurso, a piauiense diz que se assustou com a quantidade de meninas disputando, mas que isso foi um gatilho para que se dedicasse ainda mais.

Ela confessa que teve muita dificuldade de comunicação com as misses que não falavam português, mas que no fim, todo sempre acabava em sorrisos. Tanto que preferia dar atenção às misses ao máximo, ao invés de se dedicar às exibições no Instagram.

“As meninas diziam que viam verdade no meu sorriso”, conta.

Além da sua amizade com a Miss Angola, Lauriela Martins, e algumas misses latinas, Monalysa contou que teve ótimos momentos ao lado de Lauren Howe, Miss Canadá. “Ela não entende nada de português, mas ensinei ela a sambar”, diz ao risos.

Na live, comentou ainda sobre as opiniões exacerbadas sobre seu guarda-roupa no confinamento e as peças escolhidas para se apresentar no MU. Para Monalysa, as pessoas precisam entender o esforço que cada um vez para chegar onde chegou e respeitar as diferenças.

Vitória da África do Sul
Ao comentar sobre a vitória da candidata da África do Sul, Monalysa afirma que teve poucos momentos ao lado de Demi-Leigh Nel-Peters. “Ela era uma menina na dela, tranquila, muito bonita, fotogênica, vira um mulherão nas fotos. Foi conquistando seu espaço, acho que o trabalho nas fotos contou muito ponto”, afirmou, revelando ainda que não era bem a candidata pela qual torcia no concurso, justamente pela aproximação que teve com as demais.

Elogiou bastante a Miss Jamaica Davina Bennett, que ficou em terceiro lugar. “Ela é o poder, ela brilha, maravilhosa, simpática, ela não precisa de maquiagem”, diz Monalysa, contando ainda que Davina chegou a desfilar como Miss Universo após o fim da transmissão e foi aplaudida pelos presentes como se fosse ela a grande vencedora da noite.

Agradecendo o apoio de todos que contribuíram para a sua trajetória no MU, a piauiense elogiou o namorado, Emídio Filho, por toda a confiança, e disse estar com saudade da família, anunciando que em breve volta ao Piauí.  “Estou louca para beijar meu povo”.

Canal no Youtube
E sobre os planos para o futuro, Monalysa confirmou que pretende assumir um canal no Youtube, que deverá levar o nome da torcida #MonaMU, que durante o Miss Universo teve mais de 7 mil publicações. mas isso só quando passar a coroa para sua sucessora. Até lá a miss estará à frente do canal da Be Emotion, onde faz entrevistas com misses de outros estados e fala sobre beleza e maquiagem.

 

Deixe uma resposta