Ônibus de São Miguel do Tapuio e Castelo do Piauí colidem em Goiás, pegam fogo e piauiense morre carbonizado

Uma pessoa morreu em um acidente entre dois ônibus na manhã desta segunda-feira (16), na BR-050, em Cristalina, cidade goiana no Entorno do Distrito Federal. Um dos veículos pegou fogo e um passageiro que ficou preso nas ferragens teve o corpo carbonizado. Oito pessoas ficaram feridas, segundo informações do hospital municipal da cidade.

Imagem: reproduçãoônibus de São Miguel do Tapuio pega fogo(Imagem:reprodução)ônibus de São Miguel do Tapuio pega fogo

O acidente aconteceu por volta das 6h30 e não há informações sobre o ponto de partida e o destino do veículo incendiado.

O passageiro de nome Antonio Carlos, natural de Coivaras-PI, não conseguiu sair do ônibus e morreu na hora. As informações dão conta que o veículo ficou completamente destruído por causa do incêndio. 

Imagem: reproduçãoÔnibus bateu na traseira do veículo que freou na BR-050 (Imagem:reprodução)Ônibus bateu na traseira do veículo que freou na BR-050 

O coletivo que pegou fogo pertence ao motorista Renato, que costumeiramente faz viagens de São Miguel do Tapuio a São Paulo. Renato tomou as providências necessárias para que os outros passageiros prossigam viagem. O corpo de Antonio Carlos será trasladado para a cidade natal.

Temendo ação de bandidos que já haviam assaltados os ônibus duas vezes, os fretantes mudaram o horário de saída em São Paulo, para passarem em Goiás ao amanhecer do dia, evitando assim os ataques criminosos. 

O outro ônibus que esteve na cena do acidente é de propriedade do castelense Gilson Soares, onde disse que o pessoal de apoio está dando assistência ao motorista que sofreu escoriações e aos passageiros que viajavam em seu ônibus.

A princípio, o ônibus que bateu não estava em alta velocidade. Havia muita neblina na hora do acidente, o que pode ter prejudicado a visibilidade e contribuído para a colisão”, disse ao G1 o inspetor Daniel Rezende Bonfim, chefe da comunicação da PRF no Distrito Federal. * Com informações do G1 e camelonorádio.com

Deixe uma resposta