Padre teria sido decapitado por rebeldes em execução brutal na Síria

No vídeo divulgado na internet, um homem, que seria o padre François Murad, aparece amarrado e ajoelhado no chão Reprodução/thesun.co.uk

Um vídeo publicado na internet mostra a suposta execução do padre católico François Murad, que teria sido decapitado por rebeldes sírios na semana passada. A morte do sacerdote foi confirmada pelo Vaticano, que não deu detalhes sobre o caso e não confirmou a veracidade da filmagem.
Nas imagens, um homem, que supostamente seria o padre sírio, aparece amarrado e ajoelhado no chão, cercado por uma multidão que grita “Allahu Akbar” (“Deus é o maior”, em tradução livre).
Em seguida, o homem tem a cabeça cortada com uma faca pequena, enquanto uma multidão filma e fotografa com celulares.
O crime foi reivindicado por membros das forças rebeldes, aliadas da rede terrorista Al Qaeda.
O padre teria sido acusado de colaborar com o regime do presidente sírio Bashar al Assad
R7

Deixe uma resposta