Pedra do Sal:Ninguém é anta para continuar acreditando em promessas de irresponsáveis

Pedra do Sal e Portinho.Dois bairros, dois filhos “bastardos” de Parnaíba, para onde o olhar do poder público ainda não foi direcionado.Por que? Sim, alguém deve ter uma resposta, diante de tanta merda(desculpem) que os políticos dizem nos meios de comunicação, com relação ao nosso turismo.
Chegamos à metade do mês de julho, período de férias, alta estação… E o que lá existe – tanto na Lagoa quanto na Praia – como atrativo para o nativo e/ou visitante?
Sobre a Pedra do Sal o empresário João Maria Correia (boate Trillhus) publicou hoje em sua página no facebook o seguinte comentário:
“Se a praia da Pedra do Sal fosse no Ceará, o acesso era muito bom, sinalizado, bons hotéis, bons bares e restaurantes e com divulgação internacional. Estaria cheia de turistas satisfeitos e renderia divisas para o estado e comércio. Vá lá hoje (na Pedra do Sal)…
AS PRAIAS DO NORDESTE, são todas muito bonitas e atrativas. Os outros estados nordestinos, têm no litoral a sua capital, daí, desenvolvimento mais rápido e de fácil acesso. Aqui, sem aviões, transporte sem conforto, cidade com estrutura desejável e quando o turista chega na praia da Pedra do Sal… Eu testemunhei. Que decepção… A praça do terminal turístico toda depredada, barracos quebrados em todo lugar, suja, e bares fechados em plena temporada. Os bares da orla de cima, além de quebrados , são residências também e agora, pasmem, estão construindo, em cima da via pública… ninguém acredita, não ?”
Corroborando com João Maria, um outro internauta postou:
José De Moraes Correia Apresentar soluções? Não acho que seja necessário ter a participação popular para termos mudanças. Ninguém é cego. Demolir o antigo asfalto, reestruturar o “novo”, iluminar, reformar os bares, criar centro de artesanato, limpar diariamente a praia, incentivar as empresas de turismo a criar passeios de barco, enfim, é o básico que qualquer um de nós e deles sabe que é preciso. Isso custa mais vontade que dinheiro”.
COM A PALAVRA o prefeito Florentino Neto e o governador Wilson Martins, que todas as vezes que vem ao litoral enche o saco contando anedotas, dizendo que faz isso e aqui e, espremendo, não sai nada. Cadê o alargamento da estrada para a Pedra do Sal, prometida desde o início do ano? Só conversa para enganar um monte de besta que ainda acredita nestas antas. Não dá mais!!!

Por B. Silva

Deixe uma resposta