PMDB define estratégia para eleição de governador

O partido pretende reforçar suas bases para ajudar na eleição do vice-governador Zé Filho na sua campanha rumo ao Palácio de Karnak.

O PMDB definiu a estratégia para as eleições de 2014 durante convenção realizada nesta sexta-feira (21) para renovação do diretório estadual. O partido pretende reforçar suas bases para ajudar na eleição do vice-governador Zé Filho na sua campanha rumo ao Palácio de Karnak.

Imagem: Marcelo AlmeidaReunião do PMDB(Imagem:Marcelo Almeida)Reunião do PMDB

O partido tomou duas decisões importantes. A primeira é a de iniciar uma série de reuniões nos municípios a partir de fevereiro próximo. A segunda é a de tornar o nome do vice-governador mais conhecido e filiar novas lideranças ao PMDB.

Imagem: Marcelo AlmeidaReunião do PMDB(Imagem:Marcelo Almeida)Reunião do PMDB

“Temos que buscar não apenas o sucesso na eleição de 2014, mas também uma mudança de postura política. Precisamos de mais lideranças defendendo o Piauí aqui e no Congresso Nacional. Não adianta falar que o Piauí é rico e os investimentos só ocorrerem nos estados vizinhos. E o PMDB já mostrou que sabe governar e que trabalha por esse desenvolvimentoque todos sonhamos”, disse o vice-governador Zé Filho.

Imagem: Marcelo AlmeidaReunião do PMDB(Imagem:Marcelo Almeida)Reunião do PMDB

Ao finalizar o discurso Zé Filho falou da gratidão que tem pelo partido pela oportunidade de ser indicado para ser vice-governador e renovou seu compromisso de fazer o PMDB novamente o maior do Estado.

Imagem: Marcelo AlmeidaReunião do PMDB(Imagem:Marcelo Almeida)Reunião do PMDB

O deputado federal Marcelo Castro, que foi reeleito para presidência do PMDB tendo o ex-ministro João Henrique Sousa como vice-presidente, falou do momento de união da sigla lembrado que a chapa única foi possível graça a esse momento em que todos estão juntos no projeto de levar Zé Filho ao governo do Estado.

Imagem: Marcelo AlmeidaZé Filho (Imagem:Marcelo Almeida)Zé Filho 

“Nossa missão é eleger nosso próximo governador Zé Filho. A orientação é levar o nome do Zé Filho a todo o Estado e falar dos seus projetos de governo e de industrialização do Piauí”, finalizou Marcelo Castro

Deixe uma resposta