Polícia detém motorista com carga ilegal de remédios no interior do PI

A polícia civil do município de José de Freitas, cidade a 48 quilômetros de Teresina, apreendeu neste fim de semana carga de remédios e combustível sendo transportada de forma irregular. Os produtos não possuíam nota fiscal e a gasolina estava sendo levada em tambores.

Registro de trecho da PI-113.
“A Petrobras exige que combustíveis sejam transportados em veículos especiais. Eram cerca de 200 litros de gasolina sendo levados em 100 tambores. Essa infração representa riscos para o condutor e para os outros motoristas que estão nas rodovias”, conta o agente Flávio Luís.
A quantidade de remédios não foi precisada pelo policial civil, nem a substância, mas ele lembrou que é proibido o transporte de medicamentos sem ser por distribuidores credenciados. 
“A carga também estava sem nota fiscal. Os produtos foram apreendidos e o condutor do veículo liberado para providenciar documentação legal para a liberação. Se ele não conseguir provar que os produtos são legalizados, tanto remédios, quanto combustível, serão incinerados”, explica Flávio Luís.
A apreensão ocorreu através de operação espontânea. O condutor foi liberado apenas porque o veículo estava com emplacamento e documentação corretos. A suspeita da polícia é que o condutor, que não teve identificação revelada, seja apenas um “laranja”.
“Mas durante oitiva ele confessou que os tambores foram comprados com o propósito de transportar a gasolina. Ele seguiu a viagem sem o carregamento. O material foi encaminhado para o distrito policial de José de Freitas”, explica o agente.
As apreensões aconteceram na PI 113, estrada que liga Teresina a José de Freitas e outros municípios da região norte do Estado do Piauí.
Lívio Galeno
liviogaleno@cidadeverde.com

Deixe uma resposta