Polícia Federal realiza operação na empresa Agespisa

Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (30), desde as 10 horas, operação na empresa Agespisa. Dois carros da Polícia Federal se encontram estacionados no pátio da empresa.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Carros da Polícia Federal(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Carros da Polícia Federal

Os policiais federais estiveram reunidos com o presidente Antonio Filho, no 1º andar do prédio. As informações são de que a polícia está atrás de documentos.

Há policiais federais em todos os andares do prédios. O GP1  flagrou com exclusividade policiais federais na gerência de controle de arrecadação, superintendência financeira, controladoria e contabilidade. Os policiais também estão conversando com os funcionários.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Policiais ocuparam todos os andares do prédio(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Policiais ocuparam todos os andares do prédio

O delegado Carlos Alberto da delegacia de repressão ao crime organizado comanda a ação junto com outros delegados. Depoimento de direitores estão sendo colhidos.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Delegado Carlos Alberto(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Delegado Carlos Alberto

Os policiais estão concentrados no setor de informática da Agespisa, no 5º andar. o delegado Carlos Alberto disse que não vai comentar sobre a operação agora.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Agente da Polícia Federal(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Agente da Polícia Federal

Há policiais federais em outras sedes da empresa, como no Morro da esperança, Estação de Tratamento de Água, Parque Piauí e no Dirceu. O presidente do sindicato dos Urbanitários está na empresa e disse que só vai sair quando terminar: “Eu sou um representante da categoria e vou ficar até o final”, disse o presidente Francisco Marques.

Há policiais federais também na empresa Ambev em Teresina.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Presidente Antonio Filho(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Presidente Antonio Filho
Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Francisco Marques(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Francisco Marques
Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Policiais federais(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Policiais federais


Polícia Federal

No final da manhã, a Polícia Federal emitiu nota sobre a operação denominada “Rio Verde”. Segundo a nota, a operação visa coletar amostras de água e esgoto em redes de tratamento e distribuição da Agespisa (Águas e Esgotos do Piauí S/A), bem como em estação de tratamento de esgoto de indústria cervejeira.

Veja abaixo nota na íntegra

A Polícia Federal no Piauí na manhã de hoje(30/10), deflagrou a operação “Rio Verde”, nesta Capital, visando coletar amostras de água e esgoto em redes de tratamento e distribuição da AGESPISA (Águas e Esgotos do Piauí S/A), bem como em estação de tratamento de esgoto de indústria cervejeira, objetivando subsidiar a elaboração de análises e laudos periciais, diante do quadro de extremo risco para a saúde pública em face da presença de metais pesados e de contaminação biológica fisico-química nos Rios Parnaíba e Poty, e o cumprimento de mandados de busca e apreensão de documentos relevantes para a investigação, exarados pela Justiça Federal do Piauí.

A presente operação vem atender o clamor dos cidadãos piauienses, Organizações não Governamentais, Imprensa e algumas Instituições Públicas que estão constantemente mobilizados por um meio ambiente ecologicamente equilibrado, essencial à sadia qualidade de vida das presentes e futuras gerações.

Entrevista coletiva acerca do assunto será concedida às 15:30 horas nesta Regional.

Teresina/PI, 30 de outubro de 2013.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

Deixe uma resposta