Polícia investiga prefeito e vice-prefeito de São Julião como suspeitos de terem mandado matar vereador

Diplomação do prefeito de São Julião
Francimar e neci teriam envolvimento com a morte…………………..

Emidio Reis
do vereador Emidio Reis

Um grupo especial da Secretaria de Segurança Pública investiga há vários dias indicações de que o prefeito de São Julião, José Neci ( PT ), e o vice, José Francimar Pereira ( PP ), e um ex-prefeito cujo nome está sendo mantido em sigilo, seriam os mandantes do assassinato do vereador e então presidente da Câmara do município, Emidio Reis da Rocha ( PMDB ), 51 anos, cujo corpo foi encontrado no último dia 5 de fevereiro, a 20 quilômetros da cidade de Pio IX, com um tiro na perna e outro na nuca, parcialmente enterrado, depois de ter desaparecido no dia 3l de janeiro, após deixar a cidade de Picos com destino à sua terra.
O que se sabe é que Emidio se insurgira contra a proposta de candidatura única na sua terra, preferindo trocar uma reeleição certa de vereador por uma candidatura de oposição a José Neci que o levou a uma grande votação tendo perdido a eleição por menos de 300 votos mesmo enfrentando uma estrutura muito maior do que a sua.Emidio teria juntado muitas provas de abuso do poder econômico por parte da coligação de Neci, montando um verdadeiro dossiê que na opinião de pelo menos um grande profissional do direito que o examinou, “daria cassação na hora” dos eleitos.
No caso de cassação Emidio assumiria a prefeitura de São Julião e esta possibilidade, na opinião de pessoas que forneceram informações à Polícia, seria o principal motivo do crime.A polícia descartou a possibilidade de o crime ter sido motivado por envolvimento do vereador com agiotas ou por questões passionais.O próprio secretárioi Robert Rios, numa entrevista a este repórter para a TV Antena 10, revelou que o motivo do crime era político.
Procurou advogado
No inicio desta semana soube-se que o vice-prefeito Francimar Pereira, como é mais conhecido, procurou em Teresina o criminalista Nazareno Thé para contratar seus serviços como advogado em função dos comentários existentes na região de Picos de que ele e o prefeito seriam os mandantes do crime.O vice-prefeito também esteve com o deputado estadual José Nery Filho, o Nerinho, que é do PP , para se aconselhar,
A família do vereador aguarda a conclusão das investigações até o final do prazo legal de que dispõe a Polícia,Na possibilidade de haver um pedido de prorrogação o que se sabe é que haverá uma manifestação logo depois da missa de 30° dia de morte.
O carro do vereador foi encontrado na Br 316 na entrada do povoado Val Paraiso, arrombado e com o porta luvas aberto, a meio caminho entre Picos, de onde saira, e São Julião.Emidio era considerado uma grande liderança político e uma pessoa altamente tratavel.
fonte do feitosa costa

Deixe uma resposta