Prefeitura de Luis Correia recebe maquinas do Ministério da Agricultura

A prefeita do município de Luis Correia, Adriane Prado, participou da solenidade de lançamento no Piauí do Plano Safra Semiárido 2013 – 2014 e entrega de maquinas da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento PAC 2, no Parque de Exposições Dirceu Arcoverde em Teresina. O evento contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, prefeitos, senadores, deputados estaduais e federais,
O Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014, tem como objetivo principal oferecer um conjunto de medidas para fortalecer a agricultura familiar brasileira. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), destina R$ 7 bilhões para o Plano Safra Semiárido, para todo o nordeste, por iniciativa da União, que prioriza a reestruturação produtiva dos agricultores familiares e de médio porte atingidos pela estiagem.

A prefeitura Municipal de Luis Correia, foi beneficiada com uma retroescavadeira na primeira fase do programa e nesta segunda fase com uma motoniveladora e uma caminhão caçamba.
Para a prefeita Adriane Prado, os equipamentos que a prefeitura recebeu chegam ao município em um bom momento. “O município de Luis Correia tem uma área litorânea, formada por dunas e areia o que dificulta o transito nas ruas e avenidas próximas a praia. Alem disso temos 98 comunidades na zona rural que precisam de reparo constante em suas estradas e vias de acesso. Nós só temos a agradecer e vamos fazer um bom uso dessas maquinas também na agricultura familiar do município”, afirmou.
O vice governador Zé Filho representou o governo do Estado e defendeu mais projetos que beneficiem a agricultura familiar nos municípios piauienses “É extremamente importante esta contribuição do governo federal na distribuição de todo esse maquinário, mas é preciso pensar nas condições de sua utilização. São equipamentos caros e exigem manutenção que nem sempre as prefeituras dispõem de condições para fazê-lo, principalmente após a garantia desse maquinário. Precisamos de soluções definitivas para evitarmos cair na subutilização dessas máquinas”, observou Zé Filho.

Fotos: Marcelo Cardoso

Deixe uma resposta