PRF e PM se comprometem por mais segurança na BR-402

Parentes e amigos de vítimas reivindicando melhorias. Foto: César Vieira
As mortes que resultaram de acidentes de trânsito no trecho entre a Baixa da Carnaúba e Olho D’água na BR-343, zona rural de Parnaíba, motivaram mais uma manifestação pela defesa da vida. Os familiares e amigos de vítimas fecharam o trecho no domingo (14) por duas horas para chamar a responsabilidade de órgãos competentes como o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A finalidade é a reestruturação do trecho que garanta o alargamento da via e mais segurança no tráfego.
De imediato houve o compromisso de colaboração assumido pelo tenente coronel Raimundo Sousa, comandante do 2º Batalhão de Polícia do Piauí e pelo inspetor Mário Augusto Ribeiro, chefe da 5ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal em Parnaíba. Após o último domingo (21), alguns moradores se queixaram sobre a ausência da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar.
O tenente coronel Sousa informou que havia deixado uma guarnição militar a disposição daqueles moradores quando precisassem para atuar após denúncias. Ele garantiu que no próximo final de semana será feito um trabalho mais significativo naquele trecho. Afirmou que o cronograma de atuação já estava feito, mas que vai atender esta nova demanda. Lembrou que no dia 07 de agosto haverá uma reunião com lideranças para tratar do assunto e serão definidas estratégias de atuação.
O inspetor Mário Augusto, da PRF, declarou que mais um agravo da violência na BR-402 está no funcionamento de dois bares e de uma casa de shows. Ele assegurou que a coação a condutores com embriaguez alcoólica aumentou, sendo que houve um aumento de 150% nas prisões referente à lei seca, desde o ano passado. Sobre a citada ausência no domingo, o inspetor Mário informou que na BR-343 a demanda tem sido maior; mas certificou que será intensificada a fiscalização. Ele fez contato com a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal e solicitou reforço o quanto antes. “Já solicitei ao DNIT quebra-molas e fiscalização eletrônica para aquele trecho”, ressaltou, mas lembrou que o DNIT está em greve.
Referente ao acidente ocorrido com um Gurgel trafegando na contramão ontem (22) na BR-343 entre Luís Correia e Parnaíba, que terminou na morte de um homem e em danos materiais, a polícia foi informada do risco que estava acontecendo e depois se espalhou a notícia da tragédia. Mário Augusto disse há a disposição dos policiais duas viaturas para cobrir a área na região e que a equipe chegou um minuto depois do acidente. A Polícia Rodoviária Federal acredita em embriaguez alcoólica porque foram encontradas bebidas no carro.  
Daniel Santos para Proparnaiba.com

Deixe uma resposta