Protesto em Teresina soma 20 presos e dois policiais feridos

 
Quatro pessoas foram presas com coquetel molotov e jogando pedras em policiais na avenida Marechal Castelo Branco. As informações foram confirmadas pelo coronel Alberto Menezes, comandante de policiamento da capital.
Fotos: Yala Sena/Cidadeverde.com

Dois PMs estão feridos após confronto nas imediações da Câmara Municipal de Teresina e obras dos Centro de Convenções. Sete viaturas da PM estão em frente ao parlamento municipal.
Segundo a Câmara Municipal de Teresina, foram quebrados vidros do estacionamento externo, que dão acesso aos departamentos da Casa. Canos também foram destruídos. Doze policiais militares faziam trabalho preventivo, mas um carro da PM teve o para-brisa e outro os vidros quebrados.
O subtenente do 1º Batalhão da PM, Raimundo Pereira, foi ferido com uma pedrada no nariz. Ele registrará boletim de ocorrência e fará exame de corpo de delito.
Fotos: Raoni Barbosa/Revista Cidade Verde
Ponte foi fechada na subida para a avenida Frei Serafim
O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas ateadas na obra do Centro de Convenções.
Bombas de efeito moral foram usadas para reprimir cerca de 150 manifestantes, a ala mais radical dos que participaram do protesto na avenida Frei Serafim. Coronel Alberto Menezes acredita que o mesmo grupo que provocou tumulto na sexta-feira nas imediações do Palácio de Karnak esteja envolvido no incidente.

Deixe uma resposta