PT pode indicar vice na chapa encabeçada por Zé Filho do PMDB

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva(Imagem:Divulgação)O ex-presidente Luiz Inácio Lula da SilvaColuna Painel da Folha de hoje (19):

Lula deflagrou ontem a estratégia para tentar isolar Eduardo Campos (PSB) na disputa pela Presidência. O petista se reuniu com o vice-presidente da República, Michel Temer, em seu instituto. Acertaram a criação de um grupo para evitar atritos entre PT e PMDB que prejudiquem a campanha de Dilma Rousseff. O ex-presidente recebeu ainda o ex-governador Paulo Hartung (PMDB-ES), de quem se afastara desde que deixou a Presidência, para discutir o quadro político no Estado.

Imagem: DivulgaçãoZé Filho(Imagem:Divulgação)Zé Filho

Comento

O signatário do blog recebeu informação na manhã deste sábado (19) que, a pedido do ex-presidente Lula, o senador Wellington Dias estaria reavaliando a sua candidatura ao Governo do Estado. O ex-presidente entende que o objetivo principal é a reeleição da “companheira” Dilma e que o PT nos Estados deve focar suas alianças visando à unificação da base aliada em torno do projeto presidencial. Nesse cenário e, visando ao enfraquecimento da candidatura de Eduardo Campos, o PT no Piauí admite indicar o candidato a vice na chapa encabeça por Zé Filho (PMDB). No encontro com Michel Temer, o ex-presidente Lula trabalha para unir cada vez mais PMDB e PT. Empecilho maior está no estado do Rio de Janeiro. Lula trabalha para que o partido indique o vice do PMDB, mas as resistências são grandes para que o partido lance a candidatura de Lindbergh Faria.

Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Wellington Dias(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)   Wellington Dias

Deixe uma resposta