Thammy Miranda revela que Gretchen chegou a levá-la para ser exorcizada ao descobrir sobre sua homossexualidade

Paulo Vilhena diz que perdeu um amigo com morte de Chorão - 1 (© AgNews)
 – Thammy Miranda, que atualmente interpreta a policial Jô em ‘Salve Jorge’, resolveu relembrar a época em que assumiu sua homossexualidade. Segundo ela, sua mãe, Gretchen, recorreu até ao exorcismo para ‘libertá-la’ da opção sexual.
‘Minha mãe teve um chilique, me bateu e me levou a um pastor para ele me exorcizar. O pastor me sacudiu de um lado para o outro e, no fim, perguntou meu nome’, contou a morena à revista ‘Joyce Pacowitch’.
Atualmente com 30 anos, a moça contou que sua mãe descobriu sua atração por mulheres quando ela ainda tinha 16 anos.
Thammy, apesar de saber que não gostava de se relacionar afetivamente com homens, garantiu ter tentado lutar contra sua vontade de namorar pessoas do sexo feminino. ‘Interpretei vários personagens e fui infeliz em todos. Dancei nos shows da minha mãe, gravei CD, dei autógrafo na minha foto nua. Achava tudo horrível.’
A atriz, que hoje não tem tanto contato com Gretchen, revelou que se arrepende de ter feito filme pornô e que nunca se imaginou atuando em novelas, mas se encontrou nessa experiência.
Aproveitando a exposição que ganhou com ‘Salve Jorge’, Thammy pretende lançar uma linha de cuecas com sua assinatura: ‘É underwear masculino para homens e mulheres’.

Deixe uma resposta