Tio de Wellington Dias deve assumir comando do DER no Piauí

José Dias
O governador eleito Wellington Dias (PT) deve indicar um parente para o comando do Departamento de Estradas e Rodagem – DER. A direção da pasta ficará sob os comandos do tio do petista, José Araújo Dias. O indicado é diretor de operações da Agespisa.
José Araújo Dias foi um dos diretores da Agespisa encaminhados à sede da Polícia Federal durante a operação “Rio Verde”, deflagrada em 2013 . A empresa era investigada por denúncias de que água não tratada estava sendo distribuída aos consumidores da capital e interior.
O tio pode não ser o único parente na composição do primeiro escalão do secretariado de Wellington Dias. A previsão é que a secretaria de Saúde possa ser assumida pela deputa federal eleita Rejane Dias (PT), esposa do governador. Mas essa indicação deve ocorrer apenas depois do segundo ano de mandato. Rejane já avisou ao marido que pretende assumir a vaga na Câmara Federal pelo menos por um ano.
Wellington Dias também já teria definido o nome do futuro presidente da Agespisa na próxima gestão. A pasta deve ficar sob os comandos do ex- superintendente da Caixa Econômica Federal no Piauí, Herbert Buenos Aires.
O nome do ex-superintendente seria indicação do deputado federal Assis Carvalho (PT). A indicação do deputado eleito Francisco Limma (PT), oficializado por Wellington Dias na direção da Superintendência de Desenvolvimento Rural – SDR, também teria sido de Assis, que foi ex-secretário de Saúde na primeira gestão de Wellington e teve uma passagem pela pasta marcada por escândalos.
Em tempo: José dias quando diretor da Agespisa participou de uma audiência pública na câmara de vereadores de Parnaíba e disse que a Zona Rural não poderia receber água encanada, pois seria uma responsabilidade da prefeitura. Pois bem, hoje o Cacimbão, Chafariz e Olho d’água tem sistema de água, graças o empenho do hoje diretor administrativo Gerivaldo Benício e do Governador Zé Filho. 
Com informações do Jornal O Dia

Deixe uma resposta