Vereador se irrita e inicia quebradeira em Câmara de Vereadores. Veja o vídeo

Vereador Rubens Alencar
Vereador Rubens Alencar 

 

O vereador do município de Valença do Piauí, Rubens Alencar (PMDB), partiu para a quebradeira da Casa legislativa ao ver encerrada uma sessão.

Ele saiu arremessando ao chão tudo que encontrava pela frente, como microfones, copos com água e outros objetos.

Indagado sobre o motivo do estranho ato, ele argumentou que houve uma agressão da presidência da Casa, que teria transformado “uma sessão ordinária em solene, dando a palavra ao vereador Leonardo, com direito de acusar a vereadora Ires, e encerrou a sessão sem ao menos dar o direito de resposta” a ela.

“A sessão durou pouco mais que 20 minutos. Revoltando a todos e me deixando indignado”, confessou.

180: O senhor pode me dizer o teor das acusações [à vereadora Iris]?

Rubens Alencar: Acusações diversas, desvios de recursos, recebimento de salários indevidos e muitas outras agressões.

 

NÃO RESPONDEU SE IRIA ARCAR COM OS PREJUÍZOS

Indagado se pagaria os objetos quebrados o vereador não respondeu. Questionado se chegou a morder os objetos, disse que não (o vereador parece que chegou a se machucar ao quebrar os microfones).

180: É praxe a presidência não deixar os vereadores de oposição falarem?

Rubens Alencar: Como também violar o Regimento e a Lei Orgânica. Tudo é feito tendo como base o plenário, mesmo para autorizar um absurdo.

180: Para finalizar, mesmo diante da sua indignação, que é visível, o senhor não acha que existem outros meios para fazer prevalecer a ideia, ainda que haja manobras regimentais?

Rubens Alencar não respondeu.

180 Graus

Deixe uma resposta